Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Deputado pediu mais PMs para Balneário e Camboriú
Reprodução/Facebook

Quinta, 26/1/2017 11:27.

O deputado estadual Maurício Eskudlark enviou, na noite de ontem (25), um ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado pedindo por mais policiais militares para Balneário Camboriú e Camboriú. Hoje são 130 policiais lotados aqui e 51 na cidade vizinha. No verão, o efetivo conta com reforço, mas em março a situação volta a ficar crítica.

Somente neste ano, Balneário Camboriú registrou quatro homicídios e Camboriú cinco (sendo que dois foram mortes em confronto com a Polícia Militar). Considerando isso, além dos vários furtos/roubos, apreensões de drogas e prisões de traficantes, o deputado Maurício Eskudlark reivindicou mais policiais para a região.

A assessoria informou que para ele é urgente a necessidade de mais policiais para as duas cidades. O ofício já foi respondido pelo comandante da Polícia Militar de Santa Catarina, Paulo Henrique Hemm, e pelo secretário de Segurança Pública, César Grubba. O documento também será encaminhado ao governador Raimundo Colombo.

Em texto encaminhado ao deputado, o comandante geral da PMSC, Paulo Henrique Hemm, afirma estar ciente dos aspectos relacionados ao efetivo e aos índices de criminalidade na área do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, que compreende também a vizinha Camboriú.

Porém, o comandante geral lembra que o 12º BPM recebeu em dezembro dois aspirantes a oficiais e 38 soldados – essa foi a maior distribuição da história do batalhão. Apesar de apoiar o aumento de PMs para a região, Hemm comentou que o número de novos PMs é proporcional em relação ao número de habitantes da região.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Abastecimento continua ameaçado economize água


Justiça

Ele considera ilegal a lei municipal que permitiu o empreendimento 


Variedades

Escolha por voto popular contou com participação de sete mil pessoas


Rapidinhas


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Deputado pediu mais PMs para Balneário e Camboriú

Reprodução/Facebook
Quinta, 26/1/2017 11:27.

O deputado estadual Maurício Eskudlark enviou, na noite de ontem (25), um ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado pedindo por mais policiais militares para Balneário Camboriú e Camboriú. Hoje são 130 policiais lotados aqui e 51 na cidade vizinha. No verão, o efetivo conta com reforço, mas em março a situação volta a ficar crítica.

Somente neste ano, Balneário Camboriú registrou quatro homicídios e Camboriú cinco (sendo que dois foram mortes em confronto com a Polícia Militar). Considerando isso, além dos vários furtos/roubos, apreensões de drogas e prisões de traficantes, o deputado Maurício Eskudlark reivindicou mais policiais para a região.

A assessoria informou que para ele é urgente a necessidade de mais policiais para as duas cidades. O ofício já foi respondido pelo comandante da Polícia Militar de Santa Catarina, Paulo Henrique Hemm, e pelo secretário de Segurança Pública, César Grubba. O documento também será encaminhado ao governador Raimundo Colombo.

Em texto encaminhado ao deputado, o comandante geral da PMSC, Paulo Henrique Hemm, afirma estar ciente dos aspectos relacionados ao efetivo e aos índices de criminalidade na área do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, que compreende também a vizinha Camboriú.

Porém, o comandante geral lembra que o 12º BPM recebeu em dezembro dois aspirantes a oficiais e 38 soldados – essa foi a maior distribuição da história do batalhão. Apesar de apoiar o aumento de PMs para a região, Hemm comentou que o número de novos PMs é proporcional em relação ao número de habitantes da região.

Publicidade

Publicidade