Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Prefeito diz que reajuste dos professores dependerá do Fundeb
Divulgação PMBC.
Professores do município em treinamento.

Quarta, 11/1/2017 7:28.

Consultado pelo Página 3 o prefeito Fabrício Oliveira disse ontem à noite, através da sua assessoria, que o reajuste do magistério municipal dependerá do índice oficial do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Com isso é provável que os professores tenham reajuste cerca de 1% inferior ao restante do funcionalismo, cujo percentual será de 8,77%.

O percentual com base no Fundeb pode ser anunciado pelo governo federal a qualquer momento. A maioria das especulações aponta para 7,64%.

Nos últimos anos, com seus salários balizados pelo piso nacional da categoria, os professores tiveram reajustes muito acima do restante do funcionalismo.

O prefeito comentou também que antes de definir qualquer índice é preciso avaliar o impacto nas contas públicas porque o município “já trabalha com uma linha tênue em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Aparentemente o discurso não encontra respaldo na prática, o prefeito continua nomeando cargos de confiança em quantidade.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Prefeito diz que reajuste dos professores dependerá do Fundeb

Divulgação PMBC.
Professores do município em treinamento.
Professores do município em treinamento.
Quarta, 11/1/2017 7:28.

Consultado pelo Página 3 o prefeito Fabrício Oliveira disse ontem à noite, através da sua assessoria, que o reajuste do magistério municipal dependerá do índice oficial do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Com isso é provável que os professores tenham reajuste cerca de 1% inferior ao restante do funcionalismo, cujo percentual será de 8,77%.

O percentual com base no Fundeb pode ser anunciado pelo governo federal a qualquer momento. A maioria das especulações aponta para 7,64%.

Nos últimos anos, com seus salários balizados pelo piso nacional da categoria, os professores tiveram reajustes muito acima do restante do funcionalismo.

O prefeito comentou também que antes de definir qualquer índice é preciso avaliar o impacto nas contas públicas porque o município “já trabalha com uma linha tênue em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Aparentemente o discurso não encontra respaldo na prática, o prefeito continua nomeando cargos de confiança em quantidade.
 

Publicidade

Publicidade