Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Aprovado projeto para instituir programa de acessibilidade na Praia Central
Reprodução
Praias de SC como Navegantes já implementaram o projeto

Quarta, 23/11/2016 11:03.

Foi aprovado na última semana o projeto da vereadora Marisa Zanoni Fernandes que institui o sistema de acessibilidade na principal praia da cidade. Ela contou que buscou exemplos de municípios e os equipamentos usados por eles, além de discussões com a comunidade e militantes da área.

O projeto prevê condições de acesso físico para as pessoas com deficiência e com dificuldade de locomoção permanente ou temporária na Praia Central. Marisa acredita que a Praia Central, como cartão postal que é, pode se tornar referência regional também na igualdade de condições para acesso de todos.

O sistema deverá oferecer esteira para passagem de cadeira de rodas; cadeiras anfíbias de fácil deslocamento pela areia e que flutuam na água; atividades esportivas adaptadas como natação no mar, frescobol, vôlei de praia, surf adaptado, entre outros que forem possíveis.

Também prevê vagas de estacionamento reservadas, rampas de acesso à areia, piso tátil e barracas de sol e tendas de apoio com monitores e profissionais especializados.

Agora falta o Executivo colocar o projeto em prática.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Aprovado projeto para instituir programa de acessibilidade na Praia Central

Reprodução
Praias de SC como Navegantes já implementaram o projeto
Praias de SC como Navegantes já implementaram o projeto
Quarta, 23/11/2016 11:03.

Foi aprovado na última semana o projeto da vereadora Marisa Zanoni Fernandes que institui o sistema de acessibilidade na principal praia da cidade. Ela contou que buscou exemplos de municípios e os equipamentos usados por eles, além de discussões com a comunidade e militantes da área.

O projeto prevê condições de acesso físico para as pessoas com deficiência e com dificuldade de locomoção permanente ou temporária na Praia Central. Marisa acredita que a Praia Central, como cartão postal que é, pode se tornar referência regional também na igualdade de condições para acesso de todos.

O sistema deverá oferecer esteira para passagem de cadeira de rodas; cadeiras anfíbias de fácil deslocamento pela areia e que flutuam na água; atividades esportivas adaptadas como natação no mar, frescobol, vôlei de praia, surf adaptado, entre outros que forem possíveis.

Também prevê vagas de estacionamento reservadas, rampas de acesso à areia, piso tátil e barracas de sol e tendas de apoio com monitores e profissionais especializados.

Agora falta o Executivo colocar o projeto em prática.

Publicidade

Publicidade