Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Coronel Dagostin deverá chefiar o gabinete de Fabricio Oliveira
Facebook pessoal.
O Coronel Dagostin é o terceiro da esquerda para a direita.

Terça, 22/11/2016 7:35.

A reportagem do Página 3 apurou que o Coronel PM Julimar Rogério Dagostin foi convidado para chefiar o futuro gabinete de Fabrício Oliveira na prefeitura de Balneário Camboriú e tende a aceitar o convite.

Dagostin é da reserva da PM, chegou ao posto máximo da carreira que é o de coronel, foi subcomandante geral da corporação no estado (o segundo em comando) e foi o criador e o primeiro secretário de segurança da prefeitura de Balneário no governo Rubens Spernau.

Filiado ao PSDB ele chegou a presidir o partido na cidade e foi um dos coordenadores da campanha tucana à prefeitura em 2012 (chapa Rubens Spernau e Fabrício). Em 2016 coordenou as finanças da campanha de Fabrício e Carlos Humberto.

Por formação profissional Dagostin está acostumado à hierarquia, a dar e a cumprir ordens. É educado, porém formal no trato com as pessoas o que parecem ser boas características para a chefia do gabinete que, dentre outras atividades, filtra a maior parte do assédio ao prefeito.

O gabinete do prefeito tem importância estratégica, assessora diretamente o prefeito e o vice-prefeito e seu orçamento para o próximo ano é R$ 34 milhões.  

Consultado a respeito Dagostin não quis fazer comentários sobre o assunto. A expectativa é que Fabricio Oliveira divulgue seu secretariado na primeira ou segunda semana de dezembro. 
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Coronel Dagostin deverá chefiar o gabinete de Fabricio Oliveira

Facebook pessoal.
O Coronel Dagostin é o terceiro da esquerda para a direita.
O Coronel Dagostin é o terceiro da esquerda para a direita.
Terça, 22/11/2016 7:35.

A reportagem do Página 3 apurou que o Coronel PM Julimar Rogério Dagostin foi convidado para chefiar o futuro gabinete de Fabrício Oliveira na prefeitura de Balneário Camboriú e tende a aceitar o convite.

Dagostin é da reserva da PM, chegou ao posto máximo da carreira que é o de coronel, foi subcomandante geral da corporação no estado (o segundo em comando) e foi o criador e o primeiro secretário de segurança da prefeitura de Balneário no governo Rubens Spernau.

Filiado ao PSDB ele chegou a presidir o partido na cidade e foi um dos coordenadores da campanha tucana à prefeitura em 2012 (chapa Rubens Spernau e Fabrício). Em 2016 coordenou as finanças da campanha de Fabrício e Carlos Humberto.

Por formação profissional Dagostin está acostumado à hierarquia, a dar e a cumprir ordens. É educado, porém formal no trato com as pessoas o que parecem ser boas características para a chefia do gabinete que, dentre outras atividades, filtra a maior parte do assédio ao prefeito.

O gabinete do prefeito tem importância estratégica, assessora diretamente o prefeito e o vice-prefeito e seu orçamento para o próximo ano é R$ 34 milhões.  

Consultado a respeito Dagostin não quis fazer comentários sobre o assunto. A expectativa é que Fabricio Oliveira divulgue seu secretariado na primeira ou segunda semana de dezembro. 
 

Publicidade

Publicidade