Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Delação de Delcídio mostra governo Dilma tomado por corrupção
EBC.
Delcídio confessou que também é ladrão.

Terça, 15/3/2016 15:59.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, relator do processo da Operação Lava Jato, homologou o acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para colaborar com as investigações da operação. O que Delcídio declarou deve ser a pá de cal em Dilma Rousseff que preside, como se pode notar lendo o documento, uma quadrilha e não um governo.

Delcídio não é um delator qualquer, até ser preso em novembro passado era o líder do governo no Senado. 

Outro acusado de vários crimes, Lula da Silva, pretendia assumir um ministério para ganhar foro privilegiado e escapar do risco de prisão imediata, mas a delação de Delcídio atrapalhou este plano e lançou incertezas sobre os desdobramentos dos fatos em Brasilia.

Leia aqui a íntegra da delação premiada de Delcídio do Amaral.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Policia

A suspeita é que funcionários dos gabinetes da Alerj devolviam parte dos salários


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Até embarcações de pequeno porte levantam areia, depende das condições 


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Delação de Delcídio mostra governo Dilma tomado por corrupção

EBC.
Delcídio confessou que também é ladrão.
Delcídio confessou que também é ladrão.
Terça, 15/3/2016 15:59.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, relator do processo da Operação Lava Jato, homologou o acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para colaborar com as investigações da operação. O que Delcídio declarou deve ser a pá de cal em Dilma Rousseff que preside, como se pode notar lendo o documento, uma quadrilha e não um governo.

Delcídio não é um delator qualquer, até ser preso em novembro passado era o líder do governo no Senado. 

Outro acusado de vários crimes, Lula da Silva, pretendia assumir um ministério para ganhar foro privilegiado e escapar do risco de prisão imediata, mas a delação de Delcídio atrapalhou este plano e lançou incertezas sobre os desdobramentos dos fatos em Brasilia.

Leia aqui a íntegra da delação premiada de Delcídio do Amaral.

 

Publicidade

Publicidade