Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Projeto obriga clubes a matricular na escola jogadores menores de idade

Segunda, 16/5/2016 9:04.

A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa aprovou projeto de autoria do deputado Leonel Pavan, que obriga os clubes de futebol catarinenses a matricular seus jogadores menores de 18 anos em colégio.

O objetivo, diz o autor, é cumprir o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente de assegurar aos jovens o direito à educação”.

Através desse projeto, os clubes terão que garantir a matrícula, a frequência às aulas, além de acompanhar e exigir o satisfatório aproveitamento escolar dos seus jogadores.

“Queremos que sirva como um instrumento de proteção ao futuro de milhares de jovens que atualmente abandonam seus estudos para tentar o sonhado contrato profissional no futebol”, justifica Pavan.

O projeto segue agora para apreciação dos deputados em plenário.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Serviço de coleta especial será triplicado e permanente em toda a cidade


Geral

Presidente da Santur diz que o motivo é adiantar os agendamentos 


Cidade

Administração municipal não aplica multas nem ativou o Disque Cidade Limpa


Esportes

Organização espera superar os 4.500 participantes da edição anterior.


Publicidade


Geral


Saúde


Educação

Pensar em projetos para as “Cidades inteligentes” com a ajuda das áreas de tecnologia e inovação, negócios e marketing.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Projeto obriga clubes a matricular na escola jogadores menores de idade

Publicidade

Segunda, 16/5/2016 9:04.

A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa aprovou projeto de autoria do deputado Leonel Pavan, que obriga os clubes de futebol catarinenses a matricular seus jogadores menores de 18 anos em colégio.

O objetivo, diz o autor, é cumprir o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente de assegurar aos jovens o direito à educação”.

Através desse projeto, os clubes terão que garantir a matrícula, a frequência às aulas, além de acompanhar e exigir o satisfatório aproveitamento escolar dos seus jogadores.

“Queremos que sirva como um instrumento de proteção ao futuro de milhares de jovens que atualmente abandonam seus estudos para tentar o sonhado contrato profissional no futebol”, justifica Pavan.

O projeto segue agora para apreciação dos deputados em plenário.

Publicidade

Publicidade