Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Região busca experiência internacional para se tornar referência em mobilidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Divulgação

Quarta, 22/6/2016 8:32.

A comitiva do projeto InovAMFRI retornou esta semana de Portland, nos Estados Unidos, onde conheceu o sistema público de transporte da cidade americana. A experiência deste case, considerado referência internacional, reforça o planejamento e ações para o eixo de mobilidade urbana regional integrada do InovAMFRI. O grupo pretende melhorar o sistema público de transporte e a qualidade de vida da região da Foz do Itajaí a partir do exemplo americano.

“Há 30 anos, Portland tinha uma realidade muito parecida com a das regiões metropolitanas brasileiras. Tudo que vivenciamos e observamos só reforça a nossa necessidade de transformação”, comenta Paulo Bornhausen, presidente do conselho consultivo do projeto.

Nas últimas décadas, a região metropolitana de Portland passou por um processo detalhado de melhorias com inserção do conceito de “cidade verde”. Bornhausen, que acompanhou a comitiva, acredita que a região da Foz do Itajaí possa se espelhar em Portland para tornar-se um modelo de classe mundial em planejamento regional e sustentabilidade para o país.

O grupo também teve um encontro com o prefeito da cidade, Charlie Hales. "O nosso desafio é fazer um planejamento viável, ouvindo as pessoas, para que as cidades da região da Amfri se tornem mais humanas, mais verdes, com transporte público integrado e de qualidade", avalia do gerente do InovAMFRI, João Luiz Demantova.

Planejamento e mudanças para os próximos anos

Cidades mais verdes, menos poluentes, com menos carros, mais bicicletas e transporte público; um lugar para viver e conviver em harmonia. O que parece um sonho precisa do envolvimento de toda a comunidade para se tornar realidade, assim como ocorreu em Portland.

“Nada vai acontecer se a opinião pública e os moradores que vivem nos municípios não estiverem absolutamente envolvidos na discussão. É um processo colaborativo permanente. Não temos soluções prontas e acabadas, vamos ter que trabalhar com essas informações e fazer um planejamento viável para implementar ações a longo prazo”, afirma Paulo Bornhausen.

O presidente do conselho consultivo lembra ainda que a população da região de Itajaí duplica a cada 20 anos. Em 2036, serão 1,2 milhões de residentes, sem considerar os picos durante a temporada, quando a população dobra sazonalmente. Por isso, aposta que o InovAMFRI surtirá efeito para Itajaí e os 10 municípios vizinhos e todos passarão a ganhar novo contorno, diferente da realidade brasileira. E o planejamento já começa a ser executado.

InovAmfri

A proposta iniciada em 2015 tem o foco na criação de empregos de qualidade, prevendo ações de desenvolvimento econômico, mobilidade urbana regional integrada e qualificação da gestão pública municipal. O projeto InovAMFRI conta com a parceria da AMFRI com o Governo do Estado e com o apoio de outras entidades.

Destaques do sistema de transporte coletivo de Portland:

Bilhete integrado: pode ser utilizado nas 80 linhas de ônibus, três de street car (ônibus circular, de menor velocidade) ou nas cinco de max light rail service (trem elétrico). Os bilhetes podem ser adquiridos nas estações, que contam com máquinas para retirada dos ticket´s. Basta selecionar o que você precisa: quantidade de dias e uso de serviço. Basta inserir as notas, moedas ou cartão para efetuar a compra.

Facilidade de acesso: o sistema atende toda população com linhas que ligam os bairros ao centro. O transporte é rápido: passa em média um trem a cada 12 minutos, ou seja, as pessoas normalmente viajam sentadas, já que há um fluxo maior de trens.

Sistema tecnológico: oferece dois aplicativos, um para visualizar todas as linhas do sistema de transporte. No outro, é possível traçar a rota desejada, verificar tempo do trajeto e os horários de acordo com ponto de partida e chegada.

Tempo de espera do usuário: Todas as estações contam com um monitor que mostra o tempo que falta para o próximo trem chegar e também o horário de partida da próxima viagem.

Fonte: Oficina das Palavras

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade