Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Reajuste dos vereadores está na pauta de hoje da Câmara

Quarta, 6/7/2016 10:40.

Está na pauta de hoje (6) da Câmara de Balneário Camboriú, projeto que fixa o subsídio dos vereadores para a próxima legislatura.

A medida está prevista na legislação e deve acontecer pelo menos seis meses antes dos próximos vereadores assumirem.

Conforme a Constituição o primeiro subsídio mensal dos vereadores será no máximo 40% dos salários dos deputados estaduais. Mas, como em todo começo de ano os salários são reajustados conforme o INPC, não há um índice exato de quanto o próximo subsídio será reajustado, apenas o teto tem que ser respeitado. Hoje, o salário dos vereadores locais fica em torno dos R$ 10 mil.

Em algumas câmaras da região, os vereadores optaram por congelar os salários. Em Itajaí, por exemplo, os vereadores abriram mão, "por entender que o momento pelo qual o país passa, com uma crise política, institucional e econômica, não é o ideal para tal reajuste".

Além dos salários mais altos, a Câmara de Balneário terá expressivo aumento de despesas porque passará de 13 para 19 vereadores. Neste ano o orçamento do Legistivo foi  R$ 16.400.000,00, portanto cada vereador poderá custar aos contribuintes R$ 105.128,00 por mês. Ou R$ 3.504,00 por dia.

  

 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Balneário Camboriú passa a ser a cidade brasileira com mais bandeiras azuis


Política

Estratégia é oferecer cargos nos Estados aos deputados avulsos


Justiça

Ele considera ilegal a lei municipal que permitiu o empreendimento 


Cidade

O acordo põe fim a anos de insegurança e desgaste jurídico


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Reajuste dos vereadores está na pauta de hoje da Câmara

Quarta, 6/7/2016 10:40.

Está na pauta de hoje (6) da Câmara de Balneário Camboriú, projeto que fixa o subsídio dos vereadores para a próxima legislatura.

A medida está prevista na legislação e deve acontecer pelo menos seis meses antes dos próximos vereadores assumirem.

Conforme a Constituição o primeiro subsídio mensal dos vereadores será no máximo 40% dos salários dos deputados estaduais. Mas, como em todo começo de ano os salários são reajustados conforme o INPC, não há um índice exato de quanto o próximo subsídio será reajustado, apenas o teto tem que ser respeitado. Hoje, o salário dos vereadores locais fica em torno dos R$ 10 mil.

Em algumas câmaras da região, os vereadores optaram por congelar os salários. Em Itajaí, por exemplo, os vereadores abriram mão, "por entender que o momento pelo qual o país passa, com uma crise política, institucional e econômica, não é o ideal para tal reajuste".

Além dos salários mais altos, a Câmara de Balneário terá expressivo aumento de despesas porque passará de 13 para 19 vereadores. Neste ano o orçamento do Legistivo foi  R$ 16.400.000,00, portanto cada vereador poderá custar aos contribuintes R$ 105.128,00 por mês. Ou R$ 3.504,00 por dia.

  

 

 

Publicidade

Publicidade