Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vereador espera há 10 meses resposta do prefeito sobre Passarela da Barra
Divulgação.
O prefeito Piriquito acompanhado do seu amigo Niênio Gontijo que comandou a roubalheira na Passarela.

Quarta, 6/1/2016 8:55.

O vereador Claudir Maciel distribuiu ontem nota à imprensa lembrando que em março completará um ano que ele requereu ao prefeito Edson Renato Dias informações sobre a Passarela da Barra e até agora não recebeu resposta.

O vereador queria e continua querendo saber qual o valor necessário para conclui a Passarela que está atrasada dois anos. Essa é uma pergunta que as pessoas fazem na rua, quando fica pronta, quanto dinheiro ainda é necessário etc. 

A Passarela da Barra, onde foram investidos quase R$ 30 milhões, é o maior escândalo de corrupção da história de Balneário Camboriú. A sociedade ficou sabendo, através de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que havia roubalheira generalizada no empreendimento e que os crimes se estendiam também a outros setores e obras do governo de Edson Renato Dias. Na ocasião, em setembro de 2014, 14 pessoas foram presas.

O vereador Claudir requereu as informações em março de 2015 e o prefeito tinha 60 dias para responder. Desde então ele pediu cinco prorrogações de prazo.

É inadmissível que a secretaria de planejamento da prefeitura, cujo titular Fábio Flôr quer ser o próximo prefeito, demore mais de 10 meses para calcular quanto custa terminar uma obra.

A Passarela continua sem poder ser usada pela população e as obras estão paralisadas.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vereador espera há 10 meses resposta do prefeito sobre Passarela da Barra

Divulgação.
O prefeito Piriquito acompanhado do seu amigo Niênio Gontijo que comandou a roubalheira na Passarela.
O prefeito Piriquito acompanhado do seu amigo Niênio Gontijo que comandou a roubalheira na Passarela.
Quarta, 6/1/2016 8:55.

O vereador Claudir Maciel distribuiu ontem nota à imprensa lembrando que em março completará um ano que ele requereu ao prefeito Edson Renato Dias informações sobre a Passarela da Barra e até agora não recebeu resposta.

O vereador queria e continua querendo saber qual o valor necessário para conclui a Passarela que está atrasada dois anos. Essa é uma pergunta que as pessoas fazem na rua, quando fica pronta, quanto dinheiro ainda é necessário etc. 

A Passarela da Barra, onde foram investidos quase R$ 30 milhões, é o maior escândalo de corrupção da história de Balneário Camboriú. A sociedade ficou sabendo, através de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que havia roubalheira generalizada no empreendimento e que os crimes se estendiam também a outros setores e obras do governo de Edson Renato Dias. Na ocasião, em setembro de 2014, 14 pessoas foram presas.

O vereador Claudir requereu as informações em março de 2015 e o prefeito tinha 60 dias para responder. Desde então ele pediu cinco prorrogações de prazo.

É inadmissível que a secretaria de planejamento da prefeitura, cujo titular Fábio Flôr quer ser o próximo prefeito, demore mais de 10 meses para calcular quanto custa terminar uma obra.

A Passarela continua sem poder ser usada pela população e as obras estão paralisadas.
 

Publicidade

Publicidade