Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
CPI do Trato Feito terá trabalhos retomados

CPI é um jogo de cena destinado a fingir para a população que algo está sendo feito a respeito dos episódios de corrupção

Quarta, 20/1/2016 10:52.

Publicidade

O vereador Orlando Angioletti disse na última semana que retomará os trabalhos da CPI do Trato Feito sobre os fatos envolvendo um grupo de cargos de confiança, funcionários e fornecedores que roubava a prefeitura de Balneário Camboriú e foi desmantelado pela polícia e Ministério Público.

Angioletti preside a CPI e disse ao Página 3 que está com dificuldades, porque o presidente da Câmara, Nilson Probst, estaria lhe sonegando os documentos produzidos pelo Ministério Público a respeito da organização criminosa.

Sendo verdade que o presidente está sonegando os documentos, Angioleti poderia pedir a cassação do mandato do colega por comportamento indigno, previsto no Regimento Interno, mas isso não vai acontecer.

Não vai acontecer porque a CPI é um jogo de cena destinado a fingir para a população que algo está sendo feito a respeito dos episódios de corrupção.

A bancada do governo, que Angioletti integra, não está disposta a investigar nada, nem mesmo sobre um dos que participaram da roubalheira, o vereador Elton Garcia, que continua exercendo seu mandato como se nada tivesse acontecido.

O caso de Elton Garcia assusta o governo e seus colegas vereadores. Ele conhece os bastidores da tal organização criminosa e já ameaçou, através de um programa jornalístico na rádio Menina, que “quem tem telhado de vidro não joga pedra no telhado dos outros”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

CPI do Trato Feito terá trabalhos retomados

CPI é um jogo de cena destinado a fingir para a população que algo está sendo feito a respeito dos episódios de corrupção

Publicidade

Quarta, 20/1/2016 10:52.

O vereador Orlando Angioletti disse na última semana que retomará os trabalhos da CPI do Trato Feito sobre os fatos envolvendo um grupo de cargos de confiança, funcionários e fornecedores que roubava a prefeitura de Balneário Camboriú e foi desmantelado pela polícia e Ministério Público.

Angioletti preside a CPI e disse ao Página 3 que está com dificuldades, porque o presidente da Câmara, Nilson Probst, estaria lhe sonegando os documentos produzidos pelo Ministério Público a respeito da organização criminosa.

Sendo verdade que o presidente está sonegando os documentos, Angioleti poderia pedir a cassação do mandato do colega por comportamento indigno, previsto no Regimento Interno, mas isso não vai acontecer.

Não vai acontecer porque a CPI é um jogo de cena destinado a fingir para a população que algo está sendo feito a respeito dos episódios de corrupção.

A bancada do governo, que Angioletti integra, não está disposta a investigar nada, nem mesmo sobre um dos que participaram da roubalheira, o vereador Elton Garcia, que continua exercendo seu mandato como se nada tivesse acontecido.

O caso de Elton Garcia assusta o governo e seus colegas vereadores. Ele conhece os bastidores da tal organização criminosa e já ameaçou, através de um programa jornalístico na rádio Menina, que “quem tem telhado de vidro não joga pedra no telhado dos outros”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade