Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sessão para julgar Elton Garcia será quinta-feira dia 18
Reprodução.
O prefeito estaria protegendo o vereador corrupto.

Sexta, 12/2/2016 9:30.

O presidente da Câmara de Vereadores, Nilson Probst, marcou para a próxima quinta-feira (18), às 17h, sessão extraordinária para julgar o vereador Elton Garcia acusado pelo Ministério Público de diversos crimes e de improbidade pela Comissão Processante do Legislativo que examinou o assunto.

A aproximação do desfecho de uma situação iniciada em setembro de 2014, quando as autoridades estouraram um grupo criminoso que atuava na prefeitura, do qual Elton (à época secretário de obras) era um dos principais integrantes, gerou desde quarta-feira uma onda de reuniões e especulações nos meios políticos.

O principal deles é que o prefeito Edson Piriquito teria ameaçando demitir pessoas que arranjaram emprego na máquina pública através de vereadores da base aliada se estes votarem pela cassação.

Nesta situação estão pelo menos os dois vereadores do PMDB (Roberto Jr. e o suplente de Eduardo Torto que será chamada para votar); um do PR (Elizeu Pereira) e um do DEM (Orlando Angioletti).

Com esses quatro votos o acusado será absolvido porque apenas 11 vereadores votarão e com três votos já acontece a absolvição.

O acobertamento está claro desde que os vereadores decidiram processar Elton Garcia por apenas um crime, se apropriar de parte dos salários de servidores públicos para os quais arranjou emprego.

Eles deixaram de lado uma quantidade notável de acusações de corrupção, todas envolvendo o governo Edson Piriquito o que reforça a suspeita de que o objetivo é mesmo blindar o prefeito e o restante do grupo político evitando que Elton Garcia opte por delação premiada e arraste outros corruptos com ele.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Sessão para julgar Elton Garcia será quinta-feira dia 18

Reprodução.
O prefeito estaria protegendo o vereador corrupto.
O prefeito estaria protegendo o vereador corrupto.
Sexta, 12/2/2016 9:30.

O presidente da Câmara de Vereadores, Nilson Probst, marcou para a próxima quinta-feira (18), às 17h, sessão extraordinária para julgar o vereador Elton Garcia acusado pelo Ministério Público de diversos crimes e de improbidade pela Comissão Processante do Legislativo que examinou o assunto.

A aproximação do desfecho de uma situação iniciada em setembro de 2014, quando as autoridades estouraram um grupo criminoso que atuava na prefeitura, do qual Elton (à época secretário de obras) era um dos principais integrantes, gerou desde quarta-feira uma onda de reuniões e especulações nos meios políticos.

O principal deles é que o prefeito Edson Piriquito teria ameaçando demitir pessoas que arranjaram emprego na máquina pública através de vereadores da base aliada se estes votarem pela cassação.

Nesta situação estão pelo menos os dois vereadores do PMDB (Roberto Jr. e o suplente de Eduardo Torto que será chamada para votar); um do PR (Elizeu Pereira) e um do DEM (Orlando Angioletti).

Com esses quatro votos o acusado será absolvido porque apenas 11 vereadores votarão e com três votos já acontece a absolvição.

O acobertamento está claro desde que os vereadores decidiram processar Elton Garcia por apenas um crime, se apropriar de parte dos salários de servidores públicos para os quais arranjou emprego.

Eles deixaram de lado uma quantidade notável de acusações de corrupção, todas envolvendo o governo Edson Piriquito o que reforça a suspeita de que o objetivo é mesmo blindar o prefeito e o restante do grupo político evitando que Elton Garcia opte por delação premiada e arraste outros corruptos com ele.

Publicidade

Publicidade