Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fabrício adia divulgação do secretariado para o dia 20
Reprodução.
Governo Fabrício e Carlos

Terça, 13/12/2016 6:01.

O anuncio do secretariado do perfeito eleito Fabrício Oliveira que estava previsto para a próxima quinta-feira (15) foi adiado para terça-feira (20).

O motivo do adiamento não foi revelado, mas o Página 3 apurou que alguns secretários ocupam funções públicas que dependem de liberação formal por parte dos seus superiores.

Nessa semana o Página 3 adiantou que o provável secretário de turismo e desenvolvimento econômico será o ex-presidente da CDL, Miro Teixeira.   

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Serviço de coleta especial será triplicado e permanente em toda a cidade


Geral

Presidente da Santur diz que o motivo é adiantar os agendamentos 


Cidade

Administração municipal não aplica multas nem ativou o Disque Cidade Limpa


Esportes

Organização espera superar os 4.500 participantes da edição anterior.


Publicidade


Geral


Saúde


Educação

Pensar em projetos para as “Cidades inteligentes” com a ajuda das áreas de tecnologia e inovação, negócios e marketing.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fabrício adia divulgação do secretariado para o dia 20

Reprodução.
Governo Fabrício e Carlos
Governo Fabrício e Carlos

Publicidade

Terça, 13/12/2016 6:01.

O anuncio do secretariado do perfeito eleito Fabrício Oliveira que estava previsto para a próxima quinta-feira (15) foi adiado para terça-feira (20).

O motivo do adiamento não foi revelado, mas o Página 3 apurou que alguns secretários ocupam funções públicas que dependem de liberação formal por parte dos seus superiores.

Nessa semana o Página 3 adiantou que o provável secretário de turismo e desenvolvimento econômico será o ex-presidente da CDL, Miro Teixeira.   

Publicidade

Publicidade