Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Marisa propõe faixa especial para motociclistas
Infomotos

Quarta, 17/8/2016 8:44.

O trânsito em Balneário vive dias de sufoco. Não comporta mais a frota inchada, motoristas apressados e sucumbe em acidentes constantes, na maioria deles envolvendo motocicletas. Para se ter uma ideia, a cidade fechou julho com uma frota de 85.907 veículos. São 47 mil automóveis e mais de 22 mil motocicletas e motonetas. A vereadora Marisa Zanoni (PT) acaba de protocolar um projeto que pode melhorar a segurança entre os modais.

Ela sugere que o município adote uma faixa especial para motocicletas de cinco metros, entre a faixa de pedestres e os veículos. Motos seriam pintadas no chão para facilitar a sinalização.

Marisa defende que a medida ajuda a evitar acidentes, pois evita que as motos fiquem entre os carros e previne ultrapassagens perigosas.

Ela lembra que existe uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito que permite instalação de faixa horizontal de espera para motociclistas.

“A aglomeração que ocorre de motocicletas ao lado dos carros não acontecerá mais, sendo que elas terão seus próprios espaços e com isso haverá uma forma ordenada e disciplinada para ocupar o lugar destinado aos motoqueiros, o que prevenirá as colisões laterais”, justifica a autora no projeto.

O projeto ainda não foi incluído na pauta de votações da Câmara.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Marisa propõe faixa especial para motociclistas

Infomotos

O trânsito em Balneário vive dias de sufoco. Não comporta mais a frota inchada, motoristas apressados e sucumbe em acidentes constantes, na maioria deles envolvendo motocicletas. Para se ter uma ideia, a cidade fechou julho com uma frota de 85.907 veículos. São 47 mil automóveis e mais de 22 mil motocicletas e motonetas. A vereadora Marisa Zanoni (PT) acaba de protocolar um projeto que pode melhorar a segurança entre os modais.

Ela sugere que o município adote uma faixa especial para motocicletas de cinco metros, entre a faixa de pedestres e os veículos. Motos seriam pintadas no chão para facilitar a sinalização.

Marisa defende que a medida ajuda a evitar acidentes, pois evita que as motos fiquem entre os carros e previne ultrapassagens perigosas.

Ela lembra que existe uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito que permite instalação de faixa horizontal de espera para motociclistas.

“A aglomeração que ocorre de motocicletas ao lado dos carros não acontecerá mais, sendo que elas terão seus próprios espaços e com isso haverá uma forma ordenada e disciplinada para ocupar o lugar destinado aos motoqueiros, o que prevenirá as colisões laterais”, justifica a autora no projeto.

O projeto ainda não foi incluído na pauta de votações da Câmara.

 

Publicidade

Publicidade