Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Ex-prefeito de Canelinha é flagrado agredindo mulher em Itapema

Segunda, 16/3/2020 18:19.
Reprodução

Publicidade

O ex-prefeito de Canelinha, Antônio da Silva, 50 anos, conhecido como Tonho, agrediu uma mulher, Roberta Medeiros, 40 anos, que é síndica do prédio onde ele mora, na Rua Canto da Praia, em Itapema, na manhã de sábado (14). Tonho também já havia sido síndico do prédio, mas não teria se candidatado desta vez. O crime foi tipificado como lesão corporal leve, mas pode mudar após o resultado exame de corpo e delito.

Câmeras de monitoramento do prédio onde aconteceu a agressão, o Edifício Infinity Blue, flagraram Antônio agredindo Roberta, que havia sido eleita síndica do local horas antes do caso. Através do vídeo é possível ver que ele empurra a vítima, que tenta se defender e entrar em um elevador, e o homem novamente a agride.

Roberta conseguiu fugir e após a situação ainda teria sido ameaçada através de áudios no aplicativo WhatsApp. Ela registrou o caso na delegacia da cidade.

Antônio relatou que ele e a mulher se desentendem há cerca de dois anos, e que teria recebido tapas dela quando ajudava uma amiga a manobrar o carro na garagem do prédio, e que por isso revidou as agressões. Ele também vai registrar o caso na delegacia.

A polícia informou que Roberta mora no prédio há pouco tempo, mas que as discussões com Antônio de fato ocorrem há mais de um ano, porque ela e o marido passavam as férias de verão no local. As brigas entre Roberta e o ex-prefeito de Canelinha aconteciam por conta de problemas estruturais do edifício.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução

Ex-prefeito de Canelinha é flagrado agredindo mulher em Itapema

Publicidade

Segunda, 16/3/2020 18:19.

O ex-prefeito de Canelinha, Antônio da Silva, 50 anos, conhecido como Tonho, agrediu uma mulher, Roberta Medeiros, 40 anos, que é síndica do prédio onde ele mora, na Rua Canto da Praia, em Itapema, na manhã de sábado (14). Tonho também já havia sido síndico do prédio, mas não teria se candidatado desta vez. O crime foi tipificado como lesão corporal leve, mas pode mudar após o resultado exame de corpo e delito.

Câmeras de monitoramento do prédio onde aconteceu a agressão, o Edifício Infinity Blue, flagraram Antônio agredindo Roberta, que havia sido eleita síndica do local horas antes do caso. Através do vídeo é possível ver que ele empurra a vítima, que tenta se defender e entrar em um elevador, e o homem novamente a agride.

Roberta conseguiu fugir e após a situação ainda teria sido ameaçada através de áudios no aplicativo WhatsApp. Ela registrou o caso na delegacia da cidade.

Antônio relatou que ele e a mulher se desentendem há cerca de dois anos, e que teria recebido tapas dela quando ajudava uma amiga a manobrar o carro na garagem do prédio, e que por isso revidou as agressões. Ele também vai registrar o caso na delegacia.

A polícia informou que Roberta mora no prédio há pouco tempo, mas que as discussões com Antônio de fato ocorrem há mais de um ano, porque ela e o marido passavam as férias de verão no local. As brigas entre Roberta e o ex-prefeito de Canelinha aconteciam por conta de problemas estruturais do edifício.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade