Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Motorista perdeu o controle do carro e invadiu oficina em Balneário Camboriú

Terça, 19/5/2020 11:41.

Publicidade

Um motorista, que estaria embriagado, perdeu o controle do carro que dirigia na madrugada desta terça-feira (19) no canteiro da rótula entre a Marginal e o túnel da Quarta Avenida, e invadiu a loja GT Reparação Automotiva, que fica na Rua 2.500.

Os agentes de trânsito informaram que o acidente aconteceu por volta das 2h. O motorista dirigia um Hyundai/Tucson, que ficou bastante danificado, já que ele bateu de frente contra o portão da loja. O homem passa bem e não aceitou fazer o teste do bafômetro.

Foi informado ainda que durante o atendimento da ocorrência uma mulher se identificou como ex-namorada do motorista e disse que pouco tempo antes da colisão contra o portão da loja o homem teria ido até a casa dela e a ameaçado. A mulher teria medida protetiva contra o envolvido no acidente.

O homem foi detido e encaminhado à delegacia, ele responde por dirigir embriagado (denúncia da Polícia Rodoviária Federal) e por Maria da Penha (através da Polícia Militar).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Motorista perdeu o controle do carro e invadiu oficina em Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 19/5/2020 11:41.

Um motorista, que estaria embriagado, perdeu o controle do carro que dirigia na madrugada desta terça-feira (19) no canteiro da rótula entre a Marginal e o túnel da Quarta Avenida, e invadiu a loja GT Reparação Automotiva, que fica na Rua 2.500.

Os agentes de trânsito informaram que o acidente aconteceu por volta das 2h. O motorista dirigia um Hyundai/Tucson, que ficou bastante danificado, já que ele bateu de frente contra o portão da loja. O homem passa bem e não aceitou fazer o teste do bafômetro.

Foi informado ainda que durante o atendimento da ocorrência uma mulher se identificou como ex-namorada do motorista e disse que pouco tempo antes da colisão contra o portão da loja o homem teria ido até a casa dela e a ameaçado. A mulher teria medida protetiva contra o envolvido no acidente.

O homem foi detido e encaminhado à delegacia, ele responde por dirigir embriagado (denúncia da Polícia Rodoviária Federal) e por Maria da Penha (através da Polícia Militar).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade