Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Homem que mostrou genital para crianças em Camboriú está sendo procurado pela polícia

Terça, 23/6/2020 12:13.
Reprodução

Publicidade

Um vídeo de sábado (20) está circulando pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, mostrando imagens de um homem em uma motocicleta, na frente de um condomínio na Rua Tocantins, no Bairro Areias. O homem mostra as partes íntimas para crianças que brincavam no local.

Segundo a Polícia Militar, câmeras de segurança filmaram toda a ação. O homem vestia uma jaqueta, bermuda e estava com uma mochila. A motocicleta utilizada por ele é um Honda Bros de cor vermelha. Há informações de que ele teria agido em outros bairros da cidade.

O Comandante da PM de Camboriú, Capitão Rafael Zancanaro, se posicionou sobre o assunto no grupo que a polícia mantém com a imprensa no WhatsApp, salientando que policiais estiveram no local onde aconteceu o abuso e a ocorrência foi registrada.

“Também identificamos o provável responsável, realizamos diligências na casa do suspeito, porém o mesmo não foi localizado. Estamos de olho”, disse.

A PM pede que a comunidade fique atenta e qualquer denúncia/suspeita pode ser encaminhada diretamente ao 190.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Reprodução

Homem que mostrou genital para crianças em Camboriú está sendo procurado pela polícia

Publicidade

Terça, 23/6/2020 12:13.

Um vídeo de sábado (20) está circulando pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, mostrando imagens de um homem em uma motocicleta, na frente de um condomínio na Rua Tocantins, no Bairro Areias. O homem mostra as partes íntimas para crianças que brincavam no local.

Segundo a Polícia Militar, câmeras de segurança filmaram toda a ação. O homem vestia uma jaqueta, bermuda e estava com uma mochila. A motocicleta utilizada por ele é um Honda Bros de cor vermelha. Há informações de que ele teria agido em outros bairros da cidade.

O Comandante da PM de Camboriú, Capitão Rafael Zancanaro, se posicionou sobre o assunto no grupo que a polícia mantém com a imprensa no WhatsApp, salientando que policiais estiveram no local onde aconteceu o abuso e a ocorrência foi registrada.

“Também identificamos o provável responsável, realizamos diligências na casa do suspeito, porém o mesmo não foi localizado. Estamos de olho”, disse.

A PM pede que a comunidade fique atenta e qualquer denúncia/suspeita pode ser encaminhada diretamente ao 190.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade