Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Pintor e vizinhos foram agredidos por guardas municipais de Itajaí

Comando abriu investigação sobre os fatos

Terça, 16/6/2020 16:27.

Publicidade

Um vídeo gravado no domingo (14) repercutiu na manhã desta terça-feira (16), mostrando cenas de violência em Itajaí quando um motociclista foi abordado e agredido por guardas municipais. Vizinhos tentaram ajudar e também foram agredidos.

O caso aconteceu no Bairro Cidade Nova. O Comando da Guarda Municipal de Itajaí informou que instaurou processo administrativo.

Os guardas alegaram suspeita de que o motociclista estivesse armado, mas ele não tinha arma alguma.

O vídeo

As imagens mostram o pintor J.R.T., de 26 anos, estacionando sua motocicleta na Rua Pedro Zaguini, no Bairro Cidade Nova. Uma viatura da Guarda Municipal chega em seguida e dois guardas, aparentemente um homem e uma mulher, começam a agredi-lo, com cassetetes, enquanto ele estava caído no chão. Uma segunda viatura apoiou a ocorrência e três guardas algemaram o pintor.

Vizinhos questionaram a ação dos GMs, que jogaram spray de pimenta neles.

Um vizinho, que já havia sido atingido por spray, questionou o comportamento dos guardas e acabou sendo novamente agredido. Ele tentou recuar, entrando em sua casa, mas um guarda o seguiu e o agrediu, recebendo o apoio de outros cinco, que levaram o homem para fora, jogando-o no chão e algemando-o.

O motociclista e seu vizinho foram encaminhados à delegacia, onde permaneceram até a tarde de domingo. Ambos se feriram e o velocímetro da motocicleta de J.R.T. quebrou, já que durante a abordagem a moto caiu ao chão.

O que diz a Guarda Municipal

A Guarda Municipal de Itajaí enviou nota no grupo que mantém com a imprensa regional no WhatsApp:

A ação iniciou-se em um posto de combustíveis, na rua Benjamin Dagnoni, no Rio do Meio, por volta da 1h05, quando agentes avistaram um indivíduo tentando se esconder no interior do referido posto, o qual estava fechado. Foi dada ordem de parada ao masculino (o pintor J.R.T.), que não obedeceu e, posteriormente, se evadiu do local em alta velocidade pela avenida Antônio Heil, sentido Itajaí. Durante acompanhamento tático, foram acionadas outras guarnições. Na tentativa de fuga em alta velocidade, o motociclista não obedeceu às ordens de parada emanadas e ainda furou vários sinais de trânsito, além de adentrar em ruas estreitas. A abordagem foi feita na rua Pedro Zaguini, no bairro Cidade Nova, e, segundo os agentes que participaram da ação, foi neste momento que o motociclista fez menção de estar armado. Ainda conforme os guardas municipais presentes na ocorrência, durante o procedimento, outro indivíduo (o vizinho) tentou resgatar o conduzido, primeiramente com ameaças e xingamentos direcionadas aos agentes. Foi dado voz de prisão também ao autor das ameaças, o qual, igualmente, resistiu com socos e chutes contra os agentes. Ambos os autores foram conduzidos à Central de Plantão Policial (CPP) para as devidas providências. Diante do ocorrido, a Coordenação da Guarda Municipal de Itajaí vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a abordagem e a conduta dos agentes nesta ocorrência”.

Questionado por jornalistas, o Comando da Guarda informou que o motociclista foi conduzido por direção perigosa, resistência e desobediência. Ele teria feito menção de estar armado, o que motivou a abordagem dos guardas, porém o pintor não estava armado – o que foi verificado somente depois.

Segundo a GM, o vizinho do motociclista foi preso por ameaça, desacato e resistência.

Veja o filme.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Pintor e vizinhos foram agredidos por guardas municipais de Itajaí

Comando abriu investigação sobre os fatos

Publicidade

Terça, 16/6/2020 16:27.

Um vídeo gravado no domingo (14) repercutiu na manhã desta terça-feira (16), mostrando cenas de violência em Itajaí quando um motociclista foi abordado e agredido por guardas municipais. Vizinhos tentaram ajudar e também foram agredidos.

O caso aconteceu no Bairro Cidade Nova. O Comando da Guarda Municipal de Itajaí informou que instaurou processo administrativo.

Os guardas alegaram suspeita de que o motociclista estivesse armado, mas ele não tinha arma alguma.

O vídeo

As imagens mostram o pintor J.R.T., de 26 anos, estacionando sua motocicleta na Rua Pedro Zaguini, no Bairro Cidade Nova. Uma viatura da Guarda Municipal chega em seguida e dois guardas, aparentemente um homem e uma mulher, começam a agredi-lo, com cassetetes, enquanto ele estava caído no chão. Uma segunda viatura apoiou a ocorrência e três guardas algemaram o pintor.

Vizinhos questionaram a ação dos GMs, que jogaram spray de pimenta neles.

Um vizinho, que já havia sido atingido por spray, questionou o comportamento dos guardas e acabou sendo novamente agredido. Ele tentou recuar, entrando em sua casa, mas um guarda o seguiu e o agrediu, recebendo o apoio de outros cinco, que levaram o homem para fora, jogando-o no chão e algemando-o.

O motociclista e seu vizinho foram encaminhados à delegacia, onde permaneceram até a tarde de domingo. Ambos se feriram e o velocímetro da motocicleta de J.R.T. quebrou, já que durante a abordagem a moto caiu ao chão.

O que diz a Guarda Municipal

A Guarda Municipal de Itajaí enviou nota no grupo que mantém com a imprensa regional no WhatsApp:

A ação iniciou-se em um posto de combustíveis, na rua Benjamin Dagnoni, no Rio do Meio, por volta da 1h05, quando agentes avistaram um indivíduo tentando se esconder no interior do referido posto, o qual estava fechado. Foi dada ordem de parada ao masculino (o pintor J.R.T.), que não obedeceu e, posteriormente, se evadiu do local em alta velocidade pela avenida Antônio Heil, sentido Itajaí. Durante acompanhamento tático, foram acionadas outras guarnições. Na tentativa de fuga em alta velocidade, o motociclista não obedeceu às ordens de parada emanadas e ainda furou vários sinais de trânsito, além de adentrar em ruas estreitas. A abordagem foi feita na rua Pedro Zaguini, no bairro Cidade Nova, e, segundo os agentes que participaram da ação, foi neste momento que o motociclista fez menção de estar armado. Ainda conforme os guardas municipais presentes na ocorrência, durante o procedimento, outro indivíduo (o vizinho) tentou resgatar o conduzido, primeiramente com ameaças e xingamentos direcionadas aos agentes. Foi dado voz de prisão também ao autor das ameaças, o qual, igualmente, resistiu com socos e chutes contra os agentes. Ambos os autores foram conduzidos à Central de Plantão Policial (CPP) para as devidas providências. Diante do ocorrido, a Coordenação da Guarda Municipal de Itajaí vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a abordagem e a conduta dos agentes nesta ocorrência”.

Questionado por jornalistas, o Comando da Guarda informou que o motociclista foi conduzido por direção perigosa, resistência e desobediência. Ele teria feito menção de estar armado, o que motivou a abordagem dos guardas, porém o pintor não estava armado – o que foi verificado somente depois.

Segundo a GM, o vizinho do motociclista foi preso por ameaça, desacato e resistência.

Veja o filme.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade