Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Mesmo com a pandemia, PRF fez mais apreensões e flagrantes em SC

Terça, 7/7/2020 16:14.
Divulgação

Publicidade

A Polícia Rodoviária Federal fechou na segunda-feira (6) o balanço do primeiro semestre de 2020 e os números mostram que os policiais fizeram mais prisões e apreensões (comparando com o primeiro semestre de 2019 e 2018), apesar da pandemia. Por exemplo, nesse ano foram flagrados 3.360 motoristas dirigindo sob efeito de álcool e/ou drogas, e a PRF apreendeu 200kg de cocaína e 131kg de crack pelo Estado.

A PRF salienta que aumentou tanto o número de apreensões de drogas como os flagrantes de motoristas dirigindo sob o uso de drogas e/ou álcool, além da falta do uso de cinto de segurança.

O número de armas de fogo apreendidas, crack, maconha e skunk (conhecida como ‘supermaconha’) também foram superiores aos dos anos anteriores, bem como o número de pessoas detidas.

Os números

  • Multas: 2020 – 103.452; 2019 – 90.761 e 2018 – 82.576.
  • Flagrantes de motoristas embriagados: 2020 – 3.360; 2019 – 2.997 e 2018 – 1.945.
  • Sem cinto: 2020 – 13.184; 2019 – 10.413 e 2018 – 10.054.
  • Ultrapassagem indevida: 2020 – 7.272; 2019 – 7.370 e 2018 – 6.303.
  • Apreensões de cargas de cigarros contrabandeados: 2020 – 398.321 pacotes; 2019 – 351.774 e 2018 – 1.139.980.
  • Apreensões de armas de fogo: 2020 – 35; 2019 – 22 e 2018 – 18.
  • Apreensões de cocaína: 2020 – 200kg; 2019 – 325kg e 2018 – 147kg.
  • Apreensões de crack: 2020 – 131kg; 2019 – 0,1kg e 2018 – 165kg.
  • Apreensões de skunk: 2020 – 83kg; 2019 e 2018 não houve apreensão da droga no primeiro semestre.
  • Pessoas detidas: 2020 – 1.208; 2019 – 983 e 2018 – 1.035.
  • Veículos furtados/roubados recuperados: 2020 – 145; 2019 – 129 e 2018 – 175.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Mesmo com a pandemia, PRF fez mais apreensões e flagrantes em SC

Publicidade

Terça, 7/7/2020 16:14.

A Polícia Rodoviária Federal fechou na segunda-feira (6) o balanço do primeiro semestre de 2020 e os números mostram que os policiais fizeram mais prisões e apreensões (comparando com o primeiro semestre de 2019 e 2018), apesar da pandemia. Por exemplo, nesse ano foram flagrados 3.360 motoristas dirigindo sob efeito de álcool e/ou drogas, e a PRF apreendeu 200kg de cocaína e 131kg de crack pelo Estado.

A PRF salienta que aumentou tanto o número de apreensões de drogas como os flagrantes de motoristas dirigindo sob o uso de drogas e/ou álcool, além da falta do uso de cinto de segurança.

O número de armas de fogo apreendidas, crack, maconha e skunk (conhecida como ‘supermaconha’) também foram superiores aos dos anos anteriores, bem como o número de pessoas detidas.

Os números

  • Multas: 2020 – 103.452; 2019 – 90.761 e 2018 – 82.576.
  • Flagrantes de motoristas embriagados: 2020 – 3.360; 2019 – 2.997 e 2018 – 1.945.
  • Sem cinto: 2020 – 13.184; 2019 – 10.413 e 2018 – 10.054.
  • Ultrapassagem indevida: 2020 – 7.272; 2019 – 7.370 e 2018 – 6.303.
  • Apreensões de cargas de cigarros contrabandeados: 2020 – 398.321 pacotes; 2019 – 351.774 e 2018 – 1.139.980.
  • Apreensões de armas de fogo: 2020 – 35; 2019 – 22 e 2018 – 18.
  • Apreensões de cocaína: 2020 – 200kg; 2019 – 325kg e 2018 – 147kg.
  • Apreensões de crack: 2020 – 131kg; 2019 – 0,1kg e 2018 – 165kg.
  • Apreensões de skunk: 2020 – 83kg; 2019 e 2018 não houve apreensão da droga no primeiro semestre.
  • Pessoas detidas: 2020 – 1.208; 2019 – 983 e 2018 – 1.035.
  • Veículos furtados/roubados recuperados: 2020 – 145; 2019 – 129 e 2018 – 175.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade