Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Leitora alerta para golpe do motoboy em Balneário Camboriú

Sexta, 4/12/2020 11:10.
EBC.

Publicidade

Uma leitora que preferiu não se identificar, procurou o Página 3 para alertar os moradores sobre o golpe do motoboy, que estaria acontecendo em Balneário Camboriú. Ela citou que seria relacionado ao Banco do Brasil, mas há casos desse golpe envolvendo outros bancos, com artigos publicados desde o início do ano, acontecendo em todo o país.

Como funciona

Os golpistas normalmente se passam por funcionário de banco ou de administradora de cartões, muitas vezes informando os dados verdadeiros do cliente para passar credibilidade, e afirmam que o cartão foi clonado ou que há compras suspeitas, sendo necessário o cancelamento do cartão.

Para efetuar o cancelamento, orientam o cliente a digitar alguns dados no telefone, entre eles a senha do cartão, e para concluir o cancelamento, o cliente deve cortar o cartão ao meio que um motoboy irá buscá-lo na residência ou em outro local para segurança da operação. Com os dados do cliente, a senha e o chip em mãos, os golpistas fazem diversas compras no cartão, gerando prejuízos de milhares de reais.

Relato da leitora

A moradora relatou que os pais dela, caíram no golpe. Ela foi até o Banco do Brasil, ficou quase duas horas na fila, onde conversou com outros clientes da agência bancária, que relataram que também haviam sido vítimas do golpe – que atinge principalmente idosos.

“Eles estão recebendo uma ‘enxurrada’ de denúncias e reclamações, seria interessante alertar a população, principalmente os idosos, que estão trancados em casa. Os golpistas são tão profissionais que acabam entrando na cabeça das pessoas”, disse.

Banco do Brasil alerta
Através de nota, o Banco do Brasil pede que os clientes não deem chances para fraudes como essa do motoboy.

“O Banco do Brasil não liga e nem manda mensagem de outro número que não seja o 4004-0001 ou 0800-729-0001, e também não pedimos senha ou para alguém ir até a casa dos clientes”, informaram.

PM e Guarda Municipal não atenderam nenhum caso

O secretário de Segurança de Balneário Camboriú, Antônio Gabriel Castanheira Junior, disse que não estava sabendo do golpe, mas explicou que em situações do tipo normalmente as pessoas procuram direto o banco ou registram o caso na delegacia.

“Para nós, da Guarda Municipal, não chegou nenhum caso, mas com certeza vale a comunidade ficar em alerta”, comentou.

A Polícia Militar também não atendeu nenhuma ocorrência referente a esse golpe, informou o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
EBC.

Leitora alerta para golpe do motoboy em Balneário Camboriú

Publicidade

Sexta, 4/12/2020 11:10.

Uma leitora que preferiu não se identificar, procurou o Página 3 para alertar os moradores sobre o golpe do motoboy, que estaria acontecendo em Balneário Camboriú. Ela citou que seria relacionado ao Banco do Brasil, mas há casos desse golpe envolvendo outros bancos, com artigos publicados desde o início do ano, acontecendo em todo o país.

Como funciona

Os golpistas normalmente se passam por funcionário de banco ou de administradora de cartões, muitas vezes informando os dados verdadeiros do cliente para passar credibilidade, e afirmam que o cartão foi clonado ou que há compras suspeitas, sendo necessário o cancelamento do cartão.

Para efetuar o cancelamento, orientam o cliente a digitar alguns dados no telefone, entre eles a senha do cartão, e para concluir o cancelamento, o cliente deve cortar o cartão ao meio que um motoboy irá buscá-lo na residência ou em outro local para segurança da operação. Com os dados do cliente, a senha e o chip em mãos, os golpistas fazem diversas compras no cartão, gerando prejuízos de milhares de reais.

Relato da leitora

A moradora relatou que os pais dela, caíram no golpe. Ela foi até o Banco do Brasil, ficou quase duas horas na fila, onde conversou com outros clientes da agência bancária, que relataram que também haviam sido vítimas do golpe – que atinge principalmente idosos.

“Eles estão recebendo uma ‘enxurrada’ de denúncias e reclamações, seria interessante alertar a população, principalmente os idosos, que estão trancados em casa. Os golpistas são tão profissionais que acabam entrando na cabeça das pessoas”, disse.

Banco do Brasil alerta
Através de nota, o Banco do Brasil pede que os clientes não deem chances para fraudes como essa do motoboy.

“O Banco do Brasil não liga e nem manda mensagem de outro número que não seja o 4004-0001 ou 0800-729-0001, e também não pedimos senha ou para alguém ir até a casa dos clientes”, informaram.

PM e Guarda Municipal não atenderam nenhum caso

O secretário de Segurança de Balneário Camboriú, Antônio Gabriel Castanheira Junior, disse que não estava sabendo do golpe, mas explicou que em situações do tipo normalmente as pessoas procuram direto o banco ou registram o caso na delegacia.

“Para nós, da Guarda Municipal, não chegou nenhum caso, mas com certeza vale a comunidade ficar em alerta”, comentou.

A Polícia Militar também não atendeu nenhuma ocorrência referente a esse golpe, informou o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade