Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Casal se perde em trilha do Pico da Teta e é socorrido pelos bombeiros, em Balneário Camboriú

Segunda, 3/8/2020 9:26.
Foto: @polido_rodrigo

Publicidade

Mesmo em plena pandemia de Coronavírus, um homem de 27 anos e uma mulher de 19 decidiram fazer a trilha que leva ao Pico da Teta também conhecido como Morro do Gavião, em Balneário Camboriú (atrás do Balneário Shopping), no domingo (2). Eles se perderam e precisaram ser resgatados pelo Corpo de Bombeiros. A ocorrência levou várias horas para ser finalizada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, por volta das 18h25.

A equipe conseguiu contato com as vítimas através de telefone e orientou a dupla, que foi localizada cerca de duas horas e meia depois do contato inicial.

O homem estava em bom estado de saúde, a mulher estava ‘mais abatida e cansada’, com dores na região lombar, prejudicando o retorno, que levou mais 1h40min de caminhada, finalizando somente por volta das 22h35.

Dicas dos bombeiros

Apesar de conhecidas, as trilhas em mata do Pico da Teta e do Pico da Pedra, em Camboriú, causam ocorrências de resgate com frequência.

Os bombeiros orientam que para evitar que isso aconteça o ideal é que a trilha seja guiada por alguém experiente, que conheça o percurso, pois em caso de acidente, o local de difícil acesso pode dificultar o socorro, levando várias horas, a exemplo da ocorrência de domingo.

O Corpo de Bombeiros também pede que quem for fazer trilha deve calcular o tempo e ir durante o dia, retornando antes de escurecer, além de ser imprescindível a pessoa se atentar com a hidratação e levar também alimentos leves, como frutas. Se houver previsão de chuva para o local ou proximidades do passeio, não é aconselhável fazer a trilha.

Confira mais conselhos

- Ter preparo físico compatível com a dificuldade do percurso;
- Avisar os parentes e amigos que irá fazer a trilha, informando a duração e o percurso;
- Levar um telefone celular com a bateria carregada;
- Não tentar atravessar um curso d'água (rio, lago, etc.) que ultrapasse a linha da cintura ou tenha correnteza;
- Utilizar calçados adequados;
- Ter cuidado ao se aproximar de locais muito íngremes para tirar fotos, apreciar a paisagem ou pescar;
- Não tentar manipular animais peçonhentos;
- Recolher todo o lixo.

Caso você se perca acione o socorro pelo telefone 193. O aplicativo WhatsApp, por exemplo, possui um sistema de envio de localização, que pode ser utilizado para facilitar o trabalho do Corpo de Bombeiros. Caso não seja possível, permaneça no local onde está para evitar desgaste físico e se afastar ainda mais do início do percurso.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Foto: @polido_rodrigo

Casal se perde em trilha do Pico da Teta e é socorrido pelos bombeiros, em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 3/8/2020 9:26.

Mesmo em plena pandemia de Coronavírus, um homem de 27 anos e uma mulher de 19 decidiram fazer a trilha que leva ao Pico da Teta também conhecido como Morro do Gavião, em Balneário Camboriú (atrás do Balneário Shopping), no domingo (2). Eles se perderam e precisaram ser resgatados pelo Corpo de Bombeiros. A ocorrência levou várias horas para ser finalizada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, por volta das 18h25.

A equipe conseguiu contato com as vítimas através de telefone e orientou a dupla, que foi localizada cerca de duas horas e meia depois do contato inicial.

O homem estava em bom estado de saúde, a mulher estava ‘mais abatida e cansada’, com dores na região lombar, prejudicando o retorno, que levou mais 1h40min de caminhada, finalizando somente por volta das 22h35.

Dicas dos bombeiros

Apesar de conhecidas, as trilhas em mata do Pico da Teta e do Pico da Pedra, em Camboriú, causam ocorrências de resgate com frequência.

Os bombeiros orientam que para evitar que isso aconteça o ideal é que a trilha seja guiada por alguém experiente, que conheça o percurso, pois em caso de acidente, o local de difícil acesso pode dificultar o socorro, levando várias horas, a exemplo da ocorrência de domingo.

O Corpo de Bombeiros também pede que quem for fazer trilha deve calcular o tempo e ir durante o dia, retornando antes de escurecer, além de ser imprescindível a pessoa se atentar com a hidratação e levar também alimentos leves, como frutas. Se houver previsão de chuva para o local ou proximidades do passeio, não é aconselhável fazer a trilha.

Confira mais conselhos

- Ter preparo físico compatível com a dificuldade do percurso;
- Avisar os parentes e amigos que irá fazer a trilha, informando a duração e o percurso;
- Levar um telefone celular com a bateria carregada;
- Não tentar atravessar um curso d'água (rio, lago, etc.) que ultrapasse a linha da cintura ou tenha correnteza;
- Utilizar calçados adequados;
- Ter cuidado ao se aproximar de locais muito íngremes para tirar fotos, apreciar a paisagem ou pescar;
- Não tentar manipular animais peçonhentos;
- Recolher todo o lixo.

Caso você se perca acione o socorro pelo telefone 193. O aplicativo WhatsApp, por exemplo, possui um sistema de envio de localização, que pode ser utilizado para facilitar o trabalho do Corpo de Bombeiros. Caso não seja possível, permaneça no local onde está para evitar desgaste físico e se afastar ainda mais do início do percurso.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade