Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Jovem com longa ficha criminal é preso em Balneário com pedras preciosas

Segunda, 16/9/2019 11:56.

Publicidade

Um rapaz de 24 anos, que acumula 53 passagens pela polícia, foi preso no fim da tarde de ontem (15), no centro de Balneário Camboriú, com pedras preciosas como diamante, pérola e esmeralda roubadas de uma joalheria de Blumenau.

Policiais em rondas pela rua 201 suspeitaram de J.E.M., que caminhava pela calçada. Ele já era conhecido dos PMs por sua ligação com o crime.
O suspeito carregava uma bolsa onde foram localizadas várias pedras preciosas: uma pedra ônix, uma pedra topázio, um diamante, uma esmeralda, duas pérolas e duas pedras de âmbar.

Em consulta ao sistema descobriram que ele possuía contra si uma medida cautelar judicial. Questionado sobre as joias ele teria dito ser herança de família, porém demonstrava estar muito nervoso. Questionado novamente, disse que iria vendê-las e confessou que as joias haviam sido roubadas de uma joalheria de Blumenau.

J.E.M. foi preso e as joias recuperadas. Ele já acumulava 53 passagens pela polícia por crimes como furto, receptação e posse de drogas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Jovem com longa ficha criminal é preso em Balneário com pedras preciosas

Publicidade

Segunda, 16/9/2019 11:56.

Um rapaz de 24 anos, que acumula 53 passagens pela polícia, foi preso no fim da tarde de ontem (15), no centro de Balneário Camboriú, com pedras preciosas como diamante, pérola e esmeralda roubadas de uma joalheria de Blumenau.

Policiais em rondas pela rua 201 suspeitaram de J.E.M., que caminhava pela calçada. Ele já era conhecido dos PMs por sua ligação com o crime.
O suspeito carregava uma bolsa onde foram localizadas várias pedras preciosas: uma pedra ônix, uma pedra topázio, um diamante, uma esmeralda, duas pérolas e duas pedras de âmbar.

Em consulta ao sistema descobriram que ele possuía contra si uma medida cautelar judicial. Questionado sobre as joias ele teria dito ser herança de família, porém demonstrava estar muito nervoso. Questionado novamente, disse que iria vendê-las e confessou que as joias haviam sido roubadas de uma joalheria de Blumenau.

J.E.M. foi preso e as joias recuperadas. Ele já acumulava 53 passagens pela polícia por crimes como furto, receptação e posse de drogas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade