Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Policia
PF prende 16 pessoas com 360 kg cocaína no Porto de Santos

Presos 10 brasileiros, 3 franceses e 3 belgas que tentavam embarcar rumo à Europa em um navio de cruzeiro

Sexta, 29/3/2019 6:17.
Divulgação PF.

Publicidade

Santos/SP - A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quarta-feira (27/03), no Porto de Santos/SP, 16 pessoas que tentavam embarcar rumo à Europa em navio de cruzeiro com 360 kg de cocaína na bagagem.

A ação foi realizada durante ação de fiscalização de rotina. As circunstâncias das apreensões levam a crer os presos (10 brasileiros, três franceses e três belgas) agiam em conjunto, devido, dentre outros fatores, à similaridade na forma de embalagem das substâncias, à quantidade de substância existente em cada mala (variando entre 16kg e 19kg) e às quantias em moeda estrangeira que estavam na posse de cada um.

Foi instaurado inquérito policial para dar andamento às diligências investigativas, no bojo do qual serão avaliadas todas as circunstâncias e peculiaridades do caso, buscando ao final a identificação dos mandantes e das outras partes envolvidas, tanto no Brasil quanto no exterior. Os presos foram autuados pelo crime de tráfico internacional de entorpecentes. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

PF prende 16 pessoas com 360 kg cocaína no Porto de Santos

Divulgação PF.

Publicidade

Sexta, 29/3/2019 6:17.

Santos/SP - A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quarta-feira (27/03), no Porto de Santos/SP, 16 pessoas que tentavam embarcar rumo à Europa em navio de cruzeiro com 360 kg de cocaína na bagagem.

A ação foi realizada durante ação de fiscalização de rotina. As circunstâncias das apreensões levam a crer os presos (10 brasileiros, três franceses e três belgas) agiam em conjunto, devido, dentre outros fatores, à similaridade na forma de embalagem das substâncias, à quantidade de substância existente em cada mala (variando entre 16kg e 19kg) e às quantias em moeda estrangeira que estavam na posse de cada um.

Foi instaurado inquérito policial para dar andamento às diligências investigativas, no bojo do qual serão avaliadas todas as circunstâncias e peculiaridades do caso, buscando ao final a identificação dos mandantes e das outras partes envolvidas, tanto no Brasil quanto no exterior. Os presos foram autuados pelo crime de tráfico internacional de entorpecentes. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade