Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem questionou o trabalho da polícia e foi preso em Balneário
Divulgação

Terça, 7/5/2019 9:36.

Um homem de 25 anos, que já acumulava 15 passagens pela polícia por crimes como furto e tráfico de drogas, foi preso na noite de ontem (6) por perturbar os vizinhos e questionar o trabalho dos policiais.

Segundo informações da Polícia Militar, o caso aconteceu na rua Campo Erê, no Bairro dos Municípios. Policiais faziam rondas pela localidade quando viram o homem, que parecia nervoso.

O sujeito, identificado como A.C.H. estava com maconha. A princípio, a PM lavraria um termo circunstanciado pois a quantidade com a qual ele estava se encaixava como usuário.

Porém, durante o procedimento, A.C.H questionou o trabalho policial, e teria utilizado ‘dizeres grosseiros e de baixo calão’. Os militares deram voz de prisão a ele pelo crime de perturbação do trabalho ou sossego alheio e desacato à autoridade.

Ele tentou fugir, mas os PMs conseguiram detê-lo novamente e o encaminharam à delegacia.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem questionou o trabalho da polícia e foi preso em Balneário

Divulgação

Publicidade

Terça, 7/5/2019 9:36.

Um homem de 25 anos, que já acumulava 15 passagens pela polícia por crimes como furto e tráfico de drogas, foi preso na noite de ontem (6) por perturbar os vizinhos e questionar o trabalho dos policiais.

Segundo informações da Polícia Militar, o caso aconteceu na rua Campo Erê, no Bairro dos Municípios. Policiais faziam rondas pela localidade quando viram o homem, que parecia nervoso.

O sujeito, identificado como A.C.H. estava com maconha. A princípio, a PM lavraria um termo circunstanciado pois a quantidade com a qual ele estava se encaixava como usuário.

Porém, durante o procedimento, A.C.H questionou o trabalho policial, e teria utilizado ‘dizeres grosseiros e de baixo calão’. Os militares deram voz de prisão a ele pelo crime de perturbação do trabalho ou sossego alheio e desacato à autoridade.

Ele tentou fugir, mas os PMs conseguiram detê-lo novamente e o encaminharam à delegacia.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade