Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Suposta guerra de facções motivou tentativa de homicídio em Balneário Camboriú

Quinta, 7/2/2019 7:55.

No dia 14 dezembro um homem caminhava na Rua Marineusa da Conceição Nascimento, nas proximidades do Music Park, no Bairro Nova Esperança, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto e o carona o baleou.

Na manhã de quarta-feira (6), quase dois meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu prender um dos envolvidos.

Guerra entre facções

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil, foi possível descobrir que o carona da motocicleta, que tentou assassinar Oséias da Veiga Silva, seria M. E. P. Apesar de ter sido atingido, a vítima conseguiu correr e foi socorrido pelo pai, que o levou ao hospital.

Após averiguações e depoimentos da vítima e de testemunhas a DIC chegou ao suspeito. A motivação da tentativa de homicídio seria uma guerra entre facções criminosas que atuam na região.

O suspeito foi encontrado e preso na casa onde vivia, em Camboriú. Ao ser interrogado, já na delegacia, confessou a participação no crime.

Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro da Canhanduba, em Itajaí. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Suposta guerra de facções motivou tentativa de homicídio em Balneário Camboriú

Publicidade

Quinta, 7/2/2019 7:55.

No dia 14 dezembro um homem caminhava na Rua Marineusa da Conceição Nascimento, nas proximidades do Music Park, no Bairro Nova Esperança, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto e o carona o baleou.

Na manhã de quarta-feira (6), quase dois meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu prender um dos envolvidos.

Guerra entre facções

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil, foi possível descobrir que o carona da motocicleta, que tentou assassinar Oséias da Veiga Silva, seria M. E. P. Apesar de ter sido atingido, a vítima conseguiu correr e foi socorrido pelo pai, que o levou ao hospital.

Após averiguações e depoimentos da vítima e de testemunhas a DIC chegou ao suspeito. A motivação da tentativa de homicídio seria uma guerra entre facções criminosas que atuam na região.

O suspeito foi encontrado e preso na casa onde vivia, em Camboriú. Ao ser interrogado, já na delegacia, confessou a participação no crime.

Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro da Canhanduba, em Itajaí. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade