Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Policia
Três detidos por tentativa de assassinato em Balneário Camboriú
Quinta, 21/2/2019 9:44.

Publicidade

Dois jovens, de 19 e 20 anos, foram presos e um adolescente de 17 anos apreendido pela Polícia Civil na terça-feira (19), em Balneário Camboriú pela suspeita de tentarem assassinar um homem de 26 anos, na Rua Júlia Serrão, no Bairro Nova Esperança, no dia 8 de janeiro.

De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, a vítima. L.F.S. foi baleada três vezes, sendo uma no ombro esquerdo e duas nas costas.

Mesmo atingido o homem conseguiu correr e pedir ajuda para os pais, que o levaram ao hospital.

Na época do crime, a mãe de L.F.S. informou à Polícia Militar que o filho era usuário de drogas e possuía passagens por roubo e posse de drogas.

Após investigações, a Polícia Civil conseguiu na 1ª Vara Criminal de Balneário os mandados de prisões para os homens e o mandado de internação provisória, expedido pela Vara da Infância e Juventude, para o adolescente.

Os três são suspeitos de integrarem uma facção criminosa que age no Bairro Nova Esperança e teriam recebido ordem de assassinar L.F.S. porque ele estaria cometendo furtos naquela área.

 

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Três detidos por tentativa de assassinato em Balneário Camboriú

Publicidade

Quinta, 21/2/2019 9:44.

Dois jovens, de 19 e 20 anos, foram presos e um adolescente de 17 anos apreendido pela Polícia Civil na terça-feira (19), em Balneário Camboriú pela suspeita de tentarem assassinar um homem de 26 anos, na Rua Júlia Serrão, no Bairro Nova Esperança, no dia 8 de janeiro.

De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, a vítima. L.F.S. foi baleada três vezes, sendo uma no ombro esquerdo e duas nas costas.

Mesmo atingido o homem conseguiu correr e pedir ajuda para os pais, que o levaram ao hospital.

Na época do crime, a mãe de L.F.S. informou à Polícia Militar que o filho era usuário de drogas e possuía passagens por roubo e posse de drogas.

Após investigações, a Polícia Civil conseguiu na 1ª Vara Criminal de Balneário os mandados de prisões para os homens e o mandado de internação provisória, expedido pela Vara da Infância e Juventude, para o adolescente.

Os três são suspeitos de integrarem uma facção criminosa que age no Bairro Nova Esperança e teriam recebido ordem de assassinar L.F.S. porque ele estaria cometendo furtos naquela área.

 

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade