Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Foragido foi fazer documentos em Balneário Camboriú e acabou preso

Terça, 12/2/2019 8:18.

Um homem de 25 anos, que possuía mandado de prisão por porte ilegal de arma de fogo, foi fazer seus documentos pessoais na tarde de segunda-feira (11), em Balneário Camboriú e acabou preso porque o Instituto Geral de Perícias checa os antecedentes criminais de quem vai lá.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 15h20 um funcionário do IGP pediu que policiais fossem até a unidade, que fica na Rua 1.542, no Centro. Lá, encontraram L.D.O.K.

O homem foi preso e encaminhado à delegacia. Ele já possuía 11 passagens pela polícia por crimes como posse de armas e drogas, roubo e violência doméstica. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Foragido foi fazer documentos em Balneário Camboriú e acabou preso

Publicidade

Terça, 12/2/2019 8:18.

Um homem de 25 anos, que possuía mandado de prisão por porte ilegal de arma de fogo, foi fazer seus documentos pessoais na tarde de segunda-feira (11), em Balneário Camboriú e acabou preso porque o Instituto Geral de Perícias checa os antecedentes criminais de quem vai lá.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 15h20 um funcionário do IGP pediu que policiais fossem até a unidade, que fica na Rua 1.542, no Centro. Lá, encontraram L.D.O.K.

O homem foi preso e encaminhado à delegacia. Ele já possuía 11 passagens pela polícia por crimes como posse de armas e drogas, roubo e violência doméstica. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade