Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Polícia Civil realizou operação contra pedofilia em Balneário e Camboriú
Divulgação/PM

Terça, 30/4/2019 17:09.

Na manhã de hoje (30) a Polícia Civil realizou uma operação contra a pedofilia em Santa Catarina. Quatro pessoas foram presas, em Camboriú, Indaial, Blumenau e Gaspar. Em Balneário, Itapema e Palhoça foram cumpridos mandados de busca e apreensão de materiais ligados ao crime.

Segundo a Polícia Civil, o trabalho de investigação em cada cidade teve apoio da equipe da Diretoria de Inteligência (DIPC). Os suspeitos podem ficar presos por até oito anos. Durante o cumprimento dos mandados, os policiais recolheram, com apoio de peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), fotos e vídeos envolvendo menores de idade que estavam em HDs, memórias RAM, computadores, máquinas fotográficas, pen drives, cartões de memória e celulares.

Pedófilo é preso em Camboriú

Com exclusividade ao Página 3, o delegado de Camboriú, Ricardo Labes, contou que através de investigações a Polícia Civil da cidade chegou ao endereço do homem, H.D.N de 54 anos, no bairro Santa Regina, que armazenava conteúdo sexual com crianças e adolescentes.

"Com mandado de busca e apreensão hoje foi dado cumprimento e encontrado no local conteúdo de imagens e vídeos, que estavam em celulares, HDs e pendrives", explicou.

O pedófilo foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio da Canhanduba.

Houve ainda duas prisões em flagrante em Blumenau e Indaial. A Polícia Civil conseguiu também indiciar mais dois suspeitos – um em Gaspar e outro em Blumenau. Ambos já haviam deletado as imagens, mas confessaram ter feito download em interrogatório. Em Indaial foram apreendidos mais de 15 HDs externos com material e indícios de que o suspeito estuprou a irmã e a prima quando as duas eram crianças. O suspeito escondia os HDs dentro de um cofre.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Polícia Civil realizou operação contra pedofilia em Balneário e Camboriú

Divulgação/PM

Publicidade

Terça, 30/4/2019 17:09.

Na manhã de hoje (30) a Polícia Civil realizou uma operação contra a pedofilia em Santa Catarina. Quatro pessoas foram presas, em Camboriú, Indaial, Blumenau e Gaspar. Em Balneário, Itapema e Palhoça foram cumpridos mandados de busca e apreensão de materiais ligados ao crime.

Segundo a Polícia Civil, o trabalho de investigação em cada cidade teve apoio da equipe da Diretoria de Inteligência (DIPC). Os suspeitos podem ficar presos por até oito anos. Durante o cumprimento dos mandados, os policiais recolheram, com apoio de peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), fotos e vídeos envolvendo menores de idade que estavam em HDs, memórias RAM, computadores, máquinas fotográficas, pen drives, cartões de memória e celulares.

Pedófilo é preso em Camboriú

Com exclusividade ao Página 3, o delegado de Camboriú, Ricardo Labes, contou que através de investigações a Polícia Civil da cidade chegou ao endereço do homem, H.D.N de 54 anos, no bairro Santa Regina, que armazenava conteúdo sexual com crianças e adolescentes.

"Com mandado de busca e apreensão hoje foi dado cumprimento e encontrado no local conteúdo de imagens e vídeos, que estavam em celulares, HDs e pendrives", explicou.

O pedófilo foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio da Canhanduba.

Houve ainda duas prisões em flagrante em Blumenau e Indaial. A Polícia Civil conseguiu também indiciar mais dois suspeitos – um em Gaspar e outro em Blumenau. Ambos já haviam deletado as imagens, mas confessaram ter feito download em interrogatório. Em Indaial foram apreendidos mais de 15 HDs externos com material e indícios de que o suspeito estuprou a irmã e a prima quando as duas eram crianças. O suspeito escondia os HDs dentro de um cofre.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade