Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Mala com explosivos é deixada no Morro do Boi

Grande operação foi montada na madrugada para isolar o local e recolher os materiais

Segunda, 3/9/2018 9:12.
Divulgação PM
Mala foi deixada no Km 140

Publicidade

Na noite deste domingo (2), uma grande operação foi realizada no Morro do Boi para remoção de uma mala abandonada com explosivos.

Por volta das 20h, a Polícia Militar foi acionada pela primeira vez via 190 para atender uma ocorrência de pessoa em atitude suspeita no km 140 da BR, na altura do bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú.

A pessoa informou que havia um homem em atitude suspeita perto da placa do km 140. Rondas foram realizadas, mas ninguém foi localizado.

Algum tempo depois uma nova ocorrência foi gerada. Um homem que parecia estar chorando ligou para o 190 afirmando que teria matado a namorada, esquartejado e abandonado o corpo dentro de uma mala no km 140.

A PM se deslocou novamente até o local e encontrou a mala.

Ao abrir o zíper superior foi possível visualizar vários sacos (tipo bananas) com uma substância na cor branca semelhante a explosivo.

Os policiais se afastaram da bolsa e por medidas de segurança a BR-101 ficou com o trânsito modificado, sendo possível transitar apenas por uma faixa.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) foi acionado, assim como a Polícia Rodoviária Federal. Às 22h50 o trânsito foi totalmente fechado.

O esquadrão antibombas encontrou 17 emulsões explosivas encartuchadas e 62 espoletas. Todo o material foi apreendido e a BR foi liberada por volta das 2h.

A Polícia Militar continua em buscas do responsável pela mala e a Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Ainda não se sabe se foi uma tentativa de atentado contra as forças de segurança ou apenas uma espécie de ameaça. O comandante do 12º Batalhão, coronel Evaldo Hoffmann, disse que não tem como concluir isso, mas que a polícia está em alerta desde o incidente em Joinville, onde houve uma rebelião no presídio, neste final de semana.

Material retirado pelo esquadrão do BOPE


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação PM
Mala foi deixada no Km 140
Mala foi deixada no Km 140

Mala com explosivos é deixada no Morro do Boi

Grande operação foi montada na madrugada para isolar o local e recolher os materiais

Publicidade

Segunda, 3/9/2018 9:12.

Na noite deste domingo (2), uma grande operação foi realizada no Morro do Boi para remoção de uma mala abandonada com explosivos.

Por volta das 20h, a Polícia Militar foi acionada pela primeira vez via 190 para atender uma ocorrência de pessoa em atitude suspeita no km 140 da BR, na altura do bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú.

A pessoa informou que havia um homem em atitude suspeita perto da placa do km 140. Rondas foram realizadas, mas ninguém foi localizado.

Algum tempo depois uma nova ocorrência foi gerada. Um homem que parecia estar chorando ligou para o 190 afirmando que teria matado a namorada, esquartejado e abandonado o corpo dentro de uma mala no km 140.

A PM se deslocou novamente até o local e encontrou a mala.

Ao abrir o zíper superior foi possível visualizar vários sacos (tipo bananas) com uma substância na cor branca semelhante a explosivo.

Os policiais se afastaram da bolsa e por medidas de segurança a BR-101 ficou com o trânsito modificado, sendo possível transitar apenas por uma faixa.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) foi acionado, assim como a Polícia Rodoviária Federal. Às 22h50 o trânsito foi totalmente fechado.

O esquadrão antibombas encontrou 17 emulsões explosivas encartuchadas e 62 espoletas. Todo o material foi apreendido e a BR foi liberada por volta das 2h.

A Polícia Militar continua em buscas do responsável pela mala e a Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Ainda não se sabe se foi uma tentativa de atentado contra as forças de segurança ou apenas uma espécie de ameaça. O comandante do 12º Batalhão, coronel Evaldo Hoffmann, disse que não tem como concluir isso, mas que a polícia está em alerta desde o incidente em Joinville, onde houve uma rebelião no presídio, neste final de semana.

Material retirado pelo esquadrão do BOPE


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade