Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Motorista bêbado é preso em flagrante na madrugada

Sexta, 9/3/2018 11:37.
Imagem ilustrativa

Publicidade

No começo da madrugada desta sexta-feira (9) um homem de 42 anos foi flagrado pela Polícia Militar dirigindo embriagado e foi preso, em Balneário Camboriú.

A PM foi acionada pouco antes da 1h da madrugada porque o motorista teria atropelado uma pessoa na Avenida do Estado, próximo ao Mc Donalds, e depois fugido.

O condutor, que dirigia um Palio Attractive foi abordado na Avenida Central, esquina com a rua 300. Segundo a polícia, ao solicitar que o condutor saísse do carro, o homem apresentava dificuldades de equilíbrio e coordenação motora, com visíveis sinais de embriaguez.

Em revista pessoal e veicular nada de ilícito foi encontrado. Foi oferecido fazer o teste do bafômetro no local e o mesmo aceitou fazê-lo, porém não conseguia e acabou desistindo.

A suposta vítima do atropelamento não foi localizada e não deu entrada em hospital da cidade.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao motorista e conduzido para providências. Ele não tinha antecedentes criminais.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Motorista bêbado é preso em flagrante na madrugada

Publicidade

Sexta, 9/3/2018 11:37.

No começo da madrugada desta sexta-feira (9) um homem de 42 anos foi flagrado pela Polícia Militar dirigindo embriagado e foi preso, em Balneário Camboriú.

A PM foi acionada pouco antes da 1h da madrugada porque o motorista teria atropelado uma pessoa na Avenida do Estado, próximo ao Mc Donalds, e depois fugido.

O condutor, que dirigia um Palio Attractive foi abordado na Avenida Central, esquina com a rua 300. Segundo a polícia, ao solicitar que o condutor saísse do carro, o homem apresentava dificuldades de equilíbrio e coordenação motora, com visíveis sinais de embriaguez.

Em revista pessoal e veicular nada de ilícito foi encontrado. Foi oferecido fazer o teste do bafômetro no local e o mesmo aceitou fazê-lo, porém não conseguia e acabou desistindo.

A suposta vítima do atropelamento não foi localizada e não deu entrada em hospital da cidade.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao motorista e conduzido para providências. Ele não tinha antecedentes criminais.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade