Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Policia prende marido que ateou fogo na esposa

Vítima deve ser transferida para outro hospital

Quinta, 22/2/2018 14:33.

Publicidade

A Polícia Civil prendeu preventivamente nesta quarta-feira (21) o homem de 24 anos acusado de jogar álcool e atear fogo na própria mulher na noite de domingo, em Camboriú.

A vítima permanece internada no Hospital Ruth Cardoso. Segundo a assessoria, ela deve ser transferida de aeronave para outro hospital nesta sexta-feira. O local não será divulgado a pedido da família.

O acusado, que estava foragido desde o final de semana, chegou à delegacia acompanhado de seus advogados para prestar esclarecimentos e de acordo com a polícia, negou ter cometido o crime.

Antes do homem se entregar, a polícia já tinha representado pela prisão preventiva dele, por isso o acusado foi conduzido até o Complexo Penitenciário da Canhanduba em Itajaí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário para responder a acusação pelo crime de Homicídio Tentado Qualificado pelo Feminicídio.

A Civil enfatiza que vítimas de violência doméstica não hesitem em denunciar pelos números 180, 181 ou na Delegacia de Polícia mais próxima.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Policia prende marido que ateou fogo na esposa

Vítima deve ser transferida para outro hospital

Publicidade

Quinta, 22/2/2018 14:33.

A Polícia Civil prendeu preventivamente nesta quarta-feira (21) o homem de 24 anos acusado de jogar álcool e atear fogo na própria mulher na noite de domingo, em Camboriú.

A vítima permanece internada no Hospital Ruth Cardoso. Segundo a assessoria, ela deve ser transferida de aeronave para outro hospital nesta sexta-feira. O local não será divulgado a pedido da família.

O acusado, que estava foragido desde o final de semana, chegou à delegacia acompanhado de seus advogados para prestar esclarecimentos e de acordo com a polícia, negou ter cometido o crime.

Antes do homem se entregar, a polícia já tinha representado pela prisão preventiva dele, por isso o acusado foi conduzido até o Complexo Penitenciário da Canhanduba em Itajaí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário para responder a acusação pelo crime de Homicídio Tentado Qualificado pelo Feminicídio.

A Civil enfatiza que vítimas de violência doméstica não hesitem em denunciar pelos números 180, 181 ou na Delegacia de Polícia mais próxima.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade