Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Veículos são incendiados em vários bairros de Florianópolis

Quarta, 21/2/2018 11:09.

Publicidade

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pelo menos seis veículos, entre carros e ônibus, foram incendiados na tarde desta terça-feira (20) em diferentes bairros de Florianópolis. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, os atos são uma retaliação a operações policiais na região do Morro do Mosquito, no norte da capital catarinense. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o órgão, há uma disputa entre duas facções pelo território do tráfico de drogas, o PCC (Primeiro Comando da Capital) e o PGC (Grupo Catarinense).

A polícia estava monitorando a situação e realizou duas operações na região, umas delas com a apreensão de armas e drogas, o que enfraqueceu o PCC, e outra para impedir que a comunidade fosse tomada pela PGC. Os bandidos, então, foram para as ruas para desviar o foco das forças de segurança. A polícia já possui informações sobre os suspeitos.

Não houve feridos durante os ataques aos veículos e os incêndios foram logo controlados pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Durante as operações, houve troca de tiros e um criminoso ficou ferido. Também, durante a atuação da PM na comunidade, um policial foi atingido por estilhaços.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os ataques não tem relação com as posses, na terça (20), do novo secretário da pasta, Alceu de Oliveira Pinto e o novo delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizzoni Júnior.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Veículos são incendiados em vários bairros de Florianópolis

Publicidade

Quarta, 21/2/2018 11:09.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pelo menos seis veículos, entre carros e ônibus, foram incendiados na tarde desta terça-feira (20) em diferentes bairros de Florianópolis. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, os atos são uma retaliação a operações policiais na região do Morro do Mosquito, no norte da capital catarinense. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o órgão, há uma disputa entre duas facções pelo território do tráfico de drogas, o PCC (Primeiro Comando da Capital) e o PGC (Grupo Catarinense).

A polícia estava monitorando a situação e realizou duas operações na região, umas delas com a apreensão de armas e drogas, o que enfraqueceu o PCC, e outra para impedir que a comunidade fosse tomada pela PGC. Os bandidos, então, foram para as ruas para desviar o foco das forças de segurança. A polícia já possui informações sobre os suspeitos.

Não houve feridos durante os ataques aos veículos e os incêndios foram logo controlados pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Durante as operações, houve troca de tiros e um criminoso ficou ferido. Também, durante a atuação da PM na comunidade, um policial foi atingido por estilhaços.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os ataques não tem relação com as posses, na terça (20), do novo secretário da pasta, Alceu de Oliveira Pinto e o novo delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizzoni Júnior.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade