Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Preso em Balneário acusado de estuprar e matar adolescente no Ceará

Ele estava morando no Monte Alegre, em Camboriú

Sexta, 3/8/2018 10:44.

Publicidade

A Polícia Civil de Camboriú cumpriu na tarde desta quinta-feira (2), um mandado de prisão temporária em desfavor de um homem de 41 anos suspeito de um crime bárbaro que chocou o município de Iguatu, no Ceará, em 2013. O foragido, identificado apenas como G.S.D.L., estuprou e participou do assassinato de uma adolescente, que teve o corpo desovado em um lixão.

Segundo a polícia, o corpo foi encontrado com sinais de violência sexual, carbonizado e com esfacelamento de crânio.

As investigações preliminares identificaram o ex-companheiro da vítima, Yaslan Moreira da Silva como principal suspeito do crime. Interrogado, após ser preso, Yaslan confessou ter matado a adolescente com diversas marteladas na cabeça e, em seguida, desovado o corpo em um lixão.

Submetido ao julgamento pelo tribunal do júri, Yaslan foi condenado a 41 anos e 9 meses de reclusão pelos delitos de homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver.

Durante o interrogatório em juízo, o condenado afirmou que G.S.D.L. havia auxiliado a colocar o corpo da adolescente no veículo, sem, contudo, participar da morte da vítima. Todavia, após a realização de exames periciais, concluiu-se que o material genético encontrado no corpo da jovem pertencia a G.S.D.L.

Diante dessas informações, a Polícia Civil do Estado do Ceará representou pela prisão temporária do estuprador. O delegado responsável pelo caso no Ceará, Raphael Gobbi, entrou em contato com o delegado de Camboriú Paulo Caixeta Braga Junior, pois tinha informações que o acusado estava residindo no bairro Monte Alegre.

O Setor de Investigação da Comarca de Camboriú apurou que G.S.D.L. residia no Monte Alegre há cerca de 4 anos, entretanto, não foi possível identificar a residência do foragido. Mais diligências foram realizadas e no final da tarde de ontem o homem foi encontrado e preso numa empresa situada no Bairro dos Estados, em Balneário Camboriú.

G.S.D.L. foi encaminhado ao presídio da Canhanduba, onde permanecerá até que seja providenciado o traslado para Comarca de origem para que também seja submetido ao julgamento pelo Conselho de Sentença.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Preso em Balneário acusado de estuprar e matar adolescente no Ceará

Ele estava morando no Monte Alegre, em Camboriú

Publicidade

Sexta, 3/8/2018 10:44.

A Polícia Civil de Camboriú cumpriu na tarde desta quinta-feira (2), um mandado de prisão temporária em desfavor de um homem de 41 anos suspeito de um crime bárbaro que chocou o município de Iguatu, no Ceará, em 2013. O foragido, identificado apenas como G.S.D.L., estuprou e participou do assassinato de uma adolescente, que teve o corpo desovado em um lixão.

Segundo a polícia, o corpo foi encontrado com sinais de violência sexual, carbonizado e com esfacelamento de crânio.

As investigações preliminares identificaram o ex-companheiro da vítima, Yaslan Moreira da Silva como principal suspeito do crime. Interrogado, após ser preso, Yaslan confessou ter matado a adolescente com diversas marteladas na cabeça e, em seguida, desovado o corpo em um lixão.

Submetido ao julgamento pelo tribunal do júri, Yaslan foi condenado a 41 anos e 9 meses de reclusão pelos delitos de homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver.

Durante o interrogatório em juízo, o condenado afirmou que G.S.D.L. havia auxiliado a colocar o corpo da adolescente no veículo, sem, contudo, participar da morte da vítima. Todavia, após a realização de exames periciais, concluiu-se que o material genético encontrado no corpo da jovem pertencia a G.S.D.L.

Diante dessas informações, a Polícia Civil do Estado do Ceará representou pela prisão temporária do estuprador. O delegado responsável pelo caso no Ceará, Raphael Gobbi, entrou em contato com o delegado de Camboriú Paulo Caixeta Braga Junior, pois tinha informações que o acusado estava residindo no bairro Monte Alegre.

O Setor de Investigação da Comarca de Camboriú apurou que G.S.D.L. residia no Monte Alegre há cerca de 4 anos, entretanto, não foi possível identificar a residência do foragido. Mais diligências foram realizadas e no final da tarde de ontem o homem foi encontrado e preso numa empresa situada no Bairro dos Estados, em Balneário Camboriú.

G.S.D.L. foi encaminhado ao presídio da Canhanduba, onde permanecerá até que seja providenciado o traslado para Comarca de origem para que também seja submetido ao julgamento pelo Conselho de Sentença.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade