Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
PF cumpre mandado de busca no gabinete do deputado Leonel Pavan

Assessoria do deputado afirmou que alvo foi um funcionário

Quarta, 29/8/2018 11:05.
Divulgação PF
PF investiga policiais por quebra de sigilo funcional

Publicidade

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (29) dez mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Florianópolis, inclusive no gabinete do deputado estadual Leonel Pavan, na Assembleia Legislativa.

A operação visa apurar o vazamento de informações sigilosas referentes à investigação policial conduzida pela PF.

Entre os alvos, estão servidores públicos da Polícia Federal e da Polícia Civil. A polícia não especificou quem era o alvo, apenas que também foi cumprido mandado de busca em um gabinete da ALESC.

Segundo divulgado pela PF, na ação de hoje são apurados os crimes de associação criminosa, corrupção passiva, violação de sigilo funcional, tráfico de influência, corrupção ativa, além da tentativa de interferir em investigação penal que envolva organização criminosa.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Pavan e foi informada através de nota que a operação não tem ligação com o deputado e que as buscas tiveram como foco o computador e documentos de um funcionário, leia abaixo.

Nota de Esclarecimento

A Polícia Federal esteve na manhã desta quarta-feira, dia 29, no gabinete do deputado Leonel Pavan na Assembleia Legislativa em Florianópolis.

As buscas nada tem a ver com a atividade parlamentar ou pessoal do deputado Leonel Pavan e limitaram-se a um computador e documentos da mesa de um funcionário que estava à disposição do gabinete e já pediu o desligamento. Segundo informação, o caso é de ordem pessoal e profissional do ex-funcionário.

Estamos aguardando um posicionamento oficial sobre esta questão.

Florianópolis, 29 de agosto de 2018.
Atenciosamente,
Leonel Pavan
Deputado Estadual


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação PF
PF investiga policiais por quebra de sigilo funcional
PF investiga policiais por quebra de sigilo funcional

PF cumpre mandado de busca no gabinete do deputado Leonel Pavan

Assessoria do deputado afirmou que alvo foi um funcionário

Publicidade

Quarta, 29/8/2018 11:05.

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (29) dez mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Florianópolis, inclusive no gabinete do deputado estadual Leonel Pavan, na Assembleia Legislativa.

A operação visa apurar o vazamento de informações sigilosas referentes à investigação policial conduzida pela PF.

Entre os alvos, estão servidores públicos da Polícia Federal e da Polícia Civil. A polícia não especificou quem era o alvo, apenas que também foi cumprido mandado de busca em um gabinete da ALESC.

Segundo divulgado pela PF, na ação de hoje são apurados os crimes de associação criminosa, corrupção passiva, violação de sigilo funcional, tráfico de influência, corrupção ativa, além da tentativa de interferir em investigação penal que envolva organização criminosa.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Pavan e foi informada através de nota que a operação não tem ligação com o deputado e que as buscas tiveram como foco o computador e documentos de um funcionário, leia abaixo.

Nota de Esclarecimento

A Polícia Federal esteve na manhã desta quarta-feira, dia 29, no gabinete do deputado Leonel Pavan na Assembleia Legislativa em Florianópolis.

As buscas nada tem a ver com a atividade parlamentar ou pessoal do deputado Leonel Pavan e limitaram-se a um computador e documentos da mesa de um funcionário que estava à disposição do gabinete e já pediu o desligamento. Segundo informação, o caso é de ordem pessoal e profissional do ex-funcionário.

Estamos aguardando um posicionamento oficial sobre esta questão.

Florianópolis, 29 de agosto de 2018.
Atenciosamente,
Leonel Pavan
Deputado Estadual


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade