Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DIC de Balneário Camboriú divulga imagens de suposto assassino de travesti
Divulgação

Sexta, 10/8/2018 8:59.

A equipe do Setor de Homicídios da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú divulgou um vídeo com imagens do suposto assassino da travesti Myrella, encontrada morta no dia 4 de julho, em um terreno baldio da Avenida Alvin Bauer, no Centro.

Segundo a polícia, Myrella foi encontrada com marcas no pescoço, possivelmente causadas pela alça de uma bolsa usada no estrangulamento. Desde então a polícia vem realizando diligências em busca da elucidação do crime.

Testemunhas foram ouvidas e imagens das câmeras de segurança daquela região foram analisadas.

Segundo o delegado da DIC, Vicente Soares, o suspeito é um homem vestindo casaco verde e camisa listrada, visto entrando na rua do terreno logo após a vítima e algumas horas depois, saindo do local e abaixando a cabeça quando vê a câmera de segurança.

A Polícia Civil agora busca mais informações sobre a identidade do suspeito e para isso solicita a colaboração da sociedade.

Informações devem ser repasadas pelo Disque Denúncia 181 ou pelo Whatsapp para 3398-6500. O sigilo é absoluto.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Negócios

"Foram quatro anos de tanta recessão que existe uma demanda represada gigantesca".


Geral

Rede municipal tem 1.700 professores que ensinam 15 mil alunos em 44 escolas


Esportes


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

DIC de Balneário Camboriú divulga imagens de suposto assassino de travesti

Divulgação
Sexta, 10/8/2018 8:59.

A equipe do Setor de Homicídios da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú divulgou um vídeo com imagens do suposto assassino da travesti Myrella, encontrada morta no dia 4 de julho, em um terreno baldio da Avenida Alvin Bauer, no Centro.

Segundo a polícia, Myrella foi encontrada com marcas no pescoço, possivelmente causadas pela alça de uma bolsa usada no estrangulamento. Desde então a polícia vem realizando diligências em busca da elucidação do crime.

Testemunhas foram ouvidas e imagens das câmeras de segurança daquela região foram analisadas.

Segundo o delegado da DIC, Vicente Soares, o suspeito é um homem vestindo casaco verde e camisa listrada, visto entrando na rua do terreno logo após a vítima e algumas horas depois, saindo do local e abaixando a cabeça quando vê a câmera de segurança.

A Polícia Civil agora busca mais informações sobre a identidade do suspeito e para isso solicita a colaboração da sociedade.

Informações devem ser repasadas pelo Disque Denúncia 181 ou pelo Whatsapp para 3398-6500. O sigilo é absoluto.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade