Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Ex-agente é preso por ingressar com drogas no presídio da Canhanduba

Ele se envolveu em esquema de família que estava sendo investigada pela DIC

Terça, 3/4/2018 17:41.
Arquivo JP3

Publicidade

O ex-agente de controle prisional do Complexo da Canhanduba, em Itajaí, L.V., foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (3) na cidade de Canelinha. Ele é apontado pela Divisão de Investigações Criminais por ingressar com drogas no presídio e fornecer tratamento privilegiado a um dos internos.

Esse preso seria Adriano Avelino Chaves, investigado ainda pela participação em um grande esquema de tráfico de drogas na região.

Segundo a polícia, a mulher do detento, Daiane Cristina da Costa e o irmão dela, Antônio Carlos da Costa, teriam corrompido o agente Leonardo para que entrasse com drogas e outros objetos destinados ao preso Adriano.

Em troca, L.V. recebeu R$ 5 mil pelos crimes.Ele chegou a entrar com dois quilos de maconha e forneceu tratamento privilegiado ao detento.

O ex-agente foi preso em Canelinha. Daiane e o irmão foram detidos em casa. Na cela de Adriano a polícia encontrou um celular de sua propriedade.

Todos os envolvidos estão à disposição da justiça em unidades prisionais de Itajaí.

Família na mira

Daiane e o irmão foram presos ontem, no cumprimento de mandados provenientes de outra investigação da DIC.

Um homem foi preso por falsificar documentos para facilitar contratos de aluguel de imóveis do casal Daiane e Adriano (preso na Canhanduba). A intermediação dos atos ilícitos foi, segundo a DIC, realizada pelo cunhado de Adriano.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Arquivo JP3

Ex-agente é preso por ingressar com drogas no presídio da Canhanduba

Ele se envolveu em esquema de família que estava sendo investigada pela DIC

Publicidade

Terça, 3/4/2018 17:41.

O ex-agente de controle prisional do Complexo da Canhanduba, em Itajaí, L.V., foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (3) na cidade de Canelinha. Ele é apontado pela Divisão de Investigações Criminais por ingressar com drogas no presídio e fornecer tratamento privilegiado a um dos internos.

Esse preso seria Adriano Avelino Chaves, investigado ainda pela participação em um grande esquema de tráfico de drogas na região.

Segundo a polícia, a mulher do detento, Daiane Cristina da Costa e o irmão dela, Antônio Carlos da Costa, teriam corrompido o agente Leonardo para que entrasse com drogas e outros objetos destinados ao preso Adriano.

Em troca, L.V. recebeu R$ 5 mil pelos crimes.Ele chegou a entrar com dois quilos de maconha e forneceu tratamento privilegiado ao detento.

O ex-agente foi preso em Canelinha. Daiane e o irmão foram detidos em casa. Na cela de Adriano a polícia encontrou um celular de sua propriedade.

Todos os envolvidos estão à disposição da justiça em unidades prisionais de Itajaí.

Família na mira

Daiane e o irmão foram presos ontem, no cumprimento de mandados provenientes de outra investigação da DIC.

Um homem foi preso por falsificar documentos para facilitar contratos de aluguel de imóveis do casal Daiane e Adriano (preso na Canhanduba). A intermediação dos atos ilícitos foi, segundo a DIC, realizada pelo cunhado de Adriano.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade