Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Irmãos flagrados com cultivo de maconha em estufa em Camboriú

Segunda, 23/4/2018 17:38.

Publicidade

O Setor de Investigação e Capturas da Delegacia da Comarca de Camboriú realizou uma operação na tarde de sexta-feira (20) que culminou com a prisão em flagrante de dois irmãos, no Bairro São Francisco. Eles cultivavam maconha em estufas.

A operação cumpriu um mandado de busca e apreensão para a residência. No local foram encontrados diversos objetos usados para o cultivo da droga. Segundo a polícia, se tratava de uma variedade de maconha conhecida como “Skunk”.

Foram apreendidos: uma estufa, 17 pés da planta, cerca de 100g do entorpecente, dois revólveres, uma pistola, munições, dois veículos, além de utensílios e substâncias.

Segundo a polícia, após procedimentos cartorários, os dois irmãos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário para responder a acusação pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Os nomes deles não foram divulgados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Irmãos flagrados com cultivo de maconha em estufa em Camboriú

Publicidade

Segunda, 23/4/2018 17:38.

O Setor de Investigação e Capturas da Delegacia da Comarca de Camboriú realizou uma operação na tarde de sexta-feira (20) que culminou com a prisão em flagrante de dois irmãos, no Bairro São Francisco. Eles cultivavam maconha em estufas.

A operação cumpriu um mandado de busca e apreensão para a residência. No local foram encontrados diversos objetos usados para o cultivo da droga. Segundo a polícia, se tratava de uma variedade de maconha conhecida como “Skunk”.

Foram apreendidos: uma estufa, 17 pés da planta, cerca de 100g do entorpecente, dois revólveres, uma pistola, munições, dois veículos, além de utensílios e substâncias.

Segundo a polícia, após procedimentos cartorários, os dois irmãos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário para responder a acusação pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Os nomes deles não foram divulgados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade