Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ladrão que cometeu roubos na Vila Real foi preso
Reprodução.
Ari.

Quinta, 2/3/2017 10:58.

Um ladrão de 38 anos, foragido da Justiça, foi preso ontem (1º) em Itajaí. Ele confessou ter cometido três roubos entre dezembro de 2016 e janeiro deste ano no Bairro Vila Real, em Balneário Camboriú. O sujeito entra e sai da cadeia desde 1999.

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, através de imagens das câmeras de segurança os policiais conseguiram identificar a participação de Ari de Almeida nos crimes.

Ele havia sido detido no último dia 09, por guardas municipais que o flagraram furtando, e desde então está no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro Canhanduba.

Durante o interrogatório, ele confessou ter cometido os três roubos, alegando que tanto os objetos roubados quanto o dinheiro eram utilizados para manter o vício em drogas. Diante de tudo isso, o delegado Osnei Valdir de Oliveira, da DIC BC, representou pela prisão preventiva de Ari.

O delegado explica que Ari é conhecido da polícia e que vem sendo preso desde 1999. Desde 2003 ele fica poucos meses em liberdade e sempre acaba retornando para a cadeia. Um exemplo é o fato de que ele havia sido solto no dia 28 de novembro passado e foi flagrado roubando no dia 31 de dezembro.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ladrão que cometeu roubos na Vila Real foi preso

Reprodução.
Ari.
Ari.
Quinta, 2/3/2017 10:58.

Um ladrão de 38 anos, foragido da Justiça, foi preso ontem (1º) em Itajaí. Ele confessou ter cometido três roubos entre dezembro de 2016 e janeiro deste ano no Bairro Vila Real, em Balneário Camboriú. O sujeito entra e sai da cadeia desde 1999.

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, através de imagens das câmeras de segurança os policiais conseguiram identificar a participação de Ari de Almeida nos crimes.

Ele havia sido detido no último dia 09, por guardas municipais que o flagraram furtando, e desde então está no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro Canhanduba.

Durante o interrogatório, ele confessou ter cometido os três roubos, alegando que tanto os objetos roubados quanto o dinheiro eram utilizados para manter o vício em drogas. Diante de tudo isso, o delegado Osnei Valdir de Oliveira, da DIC BC, representou pela prisão preventiva de Ari.

O delegado explica que Ari é conhecido da polícia e que vem sendo preso desde 1999. Desde 2003 ele fica poucos meses em liberdade e sempre acaba retornando para a cadeia. Um exemplo é o fato de que ele havia sido solto no dia 28 de novembro passado e foi flagrado roubando no dia 31 de dezembro.

Publicidade

Publicidade