Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Filha foi agredida pela própria mãe por causa de R$ 30

Sexta, 27/1/2017 10:11.

Na tarde de ontem (26), uma jovem de 20 anos chamou a polícia para denunciar a própria mãe, de 45 anos, em Itajaí. Ela teria agredido a filha por causa de R$ 30.

A Polícia Militar foi chamada para atender ocorrência de violência doméstica na Rua Constantino D’ivanenko, no Bairro Barra do Rio. No local, a jovem informou que havia recebido o dinheiro do Bolsa Família e que divide o valor com a mãe. Porém, a mãe queria mais R$ 30 de sua parte e ela se recusou a dar.

Segundo a vítima, foi neste momento que a mulher ficou muito alterada, pegou um pedaço de madeira e começou a agredi-la. Ela também teria sido socada na cara pela mãe e ficou com o olho direito inchado.

Apesar de não terem presenciado a cena da agressão, os policiais ouviram a mãe falando pra filha que iria “bater nela até deixá-la inconsciente”.

As duas foram encaminhadas para a delegacia. A mãe já possuía diversas passagens pela polícia por crimes como ameaça contra mulher, lesão corporal dolosa contra mulher, lesão corporal leve e violência doméstica.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Filha foi agredida pela própria mãe por causa de R$ 30

Sexta, 27/1/2017 10:11.

Na tarde de ontem (26), uma jovem de 20 anos chamou a polícia para denunciar a própria mãe, de 45 anos, em Itajaí. Ela teria agredido a filha por causa de R$ 30.

A Polícia Militar foi chamada para atender ocorrência de violência doméstica na Rua Constantino D’ivanenko, no Bairro Barra do Rio. No local, a jovem informou que havia recebido o dinheiro do Bolsa Família e que divide o valor com a mãe. Porém, a mãe queria mais R$ 30 de sua parte e ela se recusou a dar.

Segundo a vítima, foi neste momento que a mulher ficou muito alterada, pegou um pedaço de madeira e começou a agredi-la. Ela também teria sido socada na cara pela mãe e ficou com o olho direito inchado.

Apesar de não terem presenciado a cena da agressão, os policiais ouviram a mãe falando pra filha que iria “bater nela até deixá-la inconsciente”.

As duas foram encaminhadas para a delegacia. A mãe já possuía diversas passagens pela polícia por crimes como ameaça contra mulher, lesão corporal dolosa contra mulher, lesão corporal leve e violência doméstica.

Publicidade

Publicidade