Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Golpistas do bilhete premiado, que agiam em SC, foram presos

Quinta, 23/2/2017 12:24.

Dois homens, de 22 e 55 anos, foram presos em flagrante, ontem (22), aplicando o golpe do bilhete premiado, em Itajaí. A polícia suspeita que os dois integrem uma organização criminosa especializada nesse estelionato e que agem em todo o Estado.

Segundo informações da Divisão de Defraudações da Diretoria Estadual de Investigação Criminal (DEIC), a investigação para tentar flagrar a dupla acontecia desde 2016. A ação deu certo e aconteceu ontem, em Itajaí.

A DEIC informou que os golpistas são gaúchos, de Passo Fundo, mas faziam vítimas em Santa Catarina. O crime que os colocou no alvo da polícia foi contra uma idosa, em São José.

O mais novo, de 22 anos, possui extenso histórico por crimes como roubo, tráfico de drogas, estelionatos e inclusive homicídio. Os dois foram presos. Com eles foram encontrados veículos utilizados na prática, que foram apreendidos.

A DEIC segue investigando o caso e já identificou outros integrantes da quadrilha.

Casos são comuns

O delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário, Osnei Valdir de Oliveira, relatou à imprensa que a policia recebe denúncias de golpes do bilhete diariamente.

“São inúmeros todos os dias. As vítimas relatam que foram roubadas, mas na verdade caíram no golpe. Esses golpistas são profissionais. Gostaríamos que o público se conscientizasse de que ninguém vai entregar um bilhete premiado”, explica.

Em Balneário, o último caso que veio a público aonteceu na tarde de segunda-feira (21), quando uma idosa de 66 anos foi abordada no Centro por dois homens que alegaram ter um bilhete premiado.

A vítima entregou R$ 3,7 mil aos bandidos, que fugiram. Até agora eles não foram presos.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Golpistas do bilhete premiado, que agiam em SC, foram presos

Quinta, 23/2/2017 12:24.

Dois homens, de 22 e 55 anos, foram presos em flagrante, ontem (22), aplicando o golpe do bilhete premiado, em Itajaí. A polícia suspeita que os dois integrem uma organização criminosa especializada nesse estelionato e que agem em todo o Estado.

Segundo informações da Divisão de Defraudações da Diretoria Estadual de Investigação Criminal (DEIC), a investigação para tentar flagrar a dupla acontecia desde 2016. A ação deu certo e aconteceu ontem, em Itajaí.

A DEIC informou que os golpistas são gaúchos, de Passo Fundo, mas faziam vítimas em Santa Catarina. O crime que os colocou no alvo da polícia foi contra uma idosa, em São José.

O mais novo, de 22 anos, possui extenso histórico por crimes como roubo, tráfico de drogas, estelionatos e inclusive homicídio. Os dois foram presos. Com eles foram encontrados veículos utilizados na prática, que foram apreendidos.

A DEIC segue investigando o caso e já identificou outros integrantes da quadrilha.

Casos são comuns

O delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário, Osnei Valdir de Oliveira, relatou à imprensa que a policia recebe denúncias de golpes do bilhete diariamente.

“São inúmeros todos os dias. As vítimas relatam que foram roubadas, mas na verdade caíram no golpe. Esses golpistas são profissionais. Gostaríamos que o público se conscientizasse de que ninguém vai entregar um bilhete premiado”, explica.

Em Balneário, o último caso que veio a público aonteceu na tarde de segunda-feira (21), quando uma idosa de 66 anos foi abordada no Centro por dois homens que alegaram ter um bilhete premiado.

A vítima entregou R$ 3,7 mil aos bandidos, que fugiram. Até agora eles não foram presos.

Publicidade

Publicidade