Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem condenado por estuprar o próprio filho foi preso em Balneário
Divulgação DIC

Quarta, 22/2/2017 11:08.

Um homem de 46 anos, condenado a 12 anos de prisão por um estupro cometido em 2008 em Itajaí, foi preso ontem (21) em Balneário Camboriú. Segundo a polícia, ele estuprou o próprio filho, que na época tinha sete anos.

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú foi informada que Leandro Rodrigues Maciel, que até então encontrava-se foragido, estava em Balneário.

Até então, todos os endereços que a polícia tinha dele indicavam que residia em Itajaí. Após investigações, a DIC conseguiu descobrir que o sujeito estava trabalhando em uma loja de equipamentos de som na Avenida do Estado, no Bairro das Nações.

Ele foi preso no  local. A DIC informou que Leandro foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí (CPVI), onde cumprirá a pena. O condenado disse aos policiais que entrou com recurso da decisão.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem condenado por estuprar o próprio filho foi preso em Balneário

Divulgação DIC
Quarta, 22/2/2017 11:08.

Um homem de 46 anos, condenado a 12 anos de prisão por um estupro cometido em 2008 em Itajaí, foi preso ontem (21) em Balneário Camboriú. Segundo a polícia, ele estuprou o próprio filho, que na época tinha sete anos.

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú foi informada que Leandro Rodrigues Maciel, que até então encontrava-se foragido, estava em Balneário.

Até então, todos os endereços que a polícia tinha dele indicavam que residia em Itajaí. Após investigações, a DIC conseguiu descobrir que o sujeito estava trabalhando em uma loja de equipamentos de som na Avenida do Estado, no Bairro das Nações.

Ele foi preso no  local. A DIC informou que Leandro foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí (CPVI), onde cumprirá a pena. O condenado disse aos policiais que entrou com recurso da decisão.

Publicidade

Publicidade