Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem é preso com quase 80 quilos de maconha

Quarta, 1/2/2017 9:52.

Um homem de 39 anos foi preso com quase 80 quilos de maconha e peças roubadas de carros na noite de ontem (31) no Centro de Itajaí, nas proximidades no campus da Univali da cidade.

Por volta das 19h45, os policiais receberam denúncia sobre tráfico de drogas, que estaria sendo realizado por um homem que morava em uma quitinete na Rua Uruguai.

No local, após alguns minutos de monitoramento, os policiais conseguiram observar um GM/Montana estacionando na frente do prédio onde o suspeito residia. Outro homem, o possível traficante, desceu e auxiliou o motorista da Montana a descarregar diversas caixas de papelão.

Após o descarregamento, o motorista foi embora. Logo depois diversas pessoas chegavam, falavam brevemente com o suspeito, e saiam. Os policiais decidiram abordá-lo, mas com ele nada foi encontrado.

Porém, no apartamento dele foram encontradas as caixas de papelão. O sujeito alegou que eram peças de carros (Starter/Drive marca HC/Cargo), que haviam sido adquiridos de maneira ilegal. Nesse momento, o homem confessou que era um receptador. No apartamento dele havia 48 caixas com peças.

Em buscas pela residência, os policiais conseguiram localizar dois sacos com 83 tabletes de maconha embalados individualmente, uma bolsa contendo três torrões grandes da mesma droga e cinco sacos plásticos transparentes com mais maconha, além de petecas de cocaína, um comprimido de ecstasy, um saco utilizado para embalar drogas, uma balança digital para pesá-las, duas facas com resquícios de maconha e R$ 579 em dinheiro.

O homem foi questionado sobre os materiais encontrados no apartamento onde vivia e informou que havia adquirido as peças de carros por R$ 15 mil e confessou o tráfico de drogas. Ele foi preso em flagrante, sendo que já possuía passagens por crimes como violência doméstica e receptação.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem é preso com quase 80 quilos de maconha

Quarta, 1/2/2017 9:52.

Um homem de 39 anos foi preso com quase 80 quilos de maconha e peças roubadas de carros na noite de ontem (31) no Centro de Itajaí, nas proximidades no campus da Univali da cidade.

Por volta das 19h45, os policiais receberam denúncia sobre tráfico de drogas, que estaria sendo realizado por um homem que morava em uma quitinete na Rua Uruguai.

No local, após alguns minutos de monitoramento, os policiais conseguiram observar um GM/Montana estacionando na frente do prédio onde o suspeito residia. Outro homem, o possível traficante, desceu e auxiliou o motorista da Montana a descarregar diversas caixas de papelão.

Após o descarregamento, o motorista foi embora. Logo depois diversas pessoas chegavam, falavam brevemente com o suspeito, e saiam. Os policiais decidiram abordá-lo, mas com ele nada foi encontrado.

Porém, no apartamento dele foram encontradas as caixas de papelão. O sujeito alegou que eram peças de carros (Starter/Drive marca HC/Cargo), que haviam sido adquiridos de maneira ilegal. Nesse momento, o homem confessou que era um receptador. No apartamento dele havia 48 caixas com peças.

Em buscas pela residência, os policiais conseguiram localizar dois sacos com 83 tabletes de maconha embalados individualmente, uma bolsa contendo três torrões grandes da mesma droga e cinco sacos plásticos transparentes com mais maconha, além de petecas de cocaína, um comprimido de ecstasy, um saco utilizado para embalar drogas, uma balança digital para pesá-las, duas facas com resquícios de maconha e R$ 579 em dinheiro.

O homem foi questionado sobre os materiais encontrados no apartamento onde vivia e informou que havia adquirido as peças de carros por R$ 15 mil e confessou o tráfico de drogas. Ele foi preso em flagrante, sendo que já possuía passagens por crimes como violência doméstica e receptação.

Publicidade

Publicidade