Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vídeos: moradores reclamam de barulho na beira do rio Camboriú
Imagem ilustrativa

Quinta, 8/9/2016 15:53.

Moradores das proximidades com o rio Camboriú não sabem mais a quem recorrer para parar a barulheira que grupos de jovens estão fazendo várias vezes durante a semana, na Barra Sul, mais exatamente no Mercado do Pescador.

Eles estacionam os carros com o som voltado para o rio e abrem o porta-malas com uma sonzeira estridente e ninguém mais consegue dormir. Volta e meia a PM e a Guarda aparecem por lá, mas assim que vão embora, começa tudo de novo. Isso está acontecendo há uns quatro meses, sem que ninguém tome uma atitude definitiva.

Festas ao ar livre como estas estavam ocorrendo com frequência na região da Interpraias, mas barreiras constantes das forças de segurança apaziguaram a situação por lá, parece que os festeiros apenas migraram de lugar.

Os moradores registraram o alcance do barulho em vídeos, confira:


 

Tem uma denúncia também? Encaminhe para online@pagina3.com.br.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Policia

A suspeita é que funcionários dos gabinetes da Alerj devolviam parte dos salários


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Até embarcações de pequeno porte levantam areia, depende das condições 


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vídeos: moradores reclamam de barulho na beira do rio Camboriú

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Quinta, 8/9/2016 15:53.

Moradores das proximidades com o rio Camboriú não sabem mais a quem recorrer para parar a barulheira que grupos de jovens estão fazendo várias vezes durante a semana, na Barra Sul, mais exatamente no Mercado do Pescador.

Eles estacionam os carros com o som voltado para o rio e abrem o porta-malas com uma sonzeira estridente e ninguém mais consegue dormir. Volta e meia a PM e a Guarda aparecem por lá, mas assim que vão embora, começa tudo de novo. Isso está acontecendo há uns quatro meses, sem que ninguém tome uma atitude definitiva.

Festas ao ar livre como estas estavam ocorrendo com frequência na região da Interpraias, mas barreiras constantes das forças de segurança apaziguaram a situação por lá, parece que os festeiros apenas migraram de lugar.

Os moradores registraram o alcance do barulho em vídeos, confira:


 

Tem uma denúncia também? Encaminhe para online@pagina3.com.br.

Publicidade

Publicidade