Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Adolescentes flagrados dirigindo são motivo de preocupação no trânsito da região

Terça, 27/9/2016 11:08.

Um adolescente, que não teve a idade divulgada, foi flagrado conduzindo uma motocicleta, na tarde de segunda-feira (26), na Rua Alecrim, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. A situação não é novidade na região. O Página 3 levantou que Balneário Camboriú registrou somente neste ano mais de 330 flagrantes de pessoas não habilitadas dirigindo no trânsito da cidade. A Polícia Militar estima que pelo menos 65% (217) desses sejam menores de idade.

Segundo informações da PM de Camboriú, policiais em rondas suspeitaram do motociclista e decidiram abordá-lo, constatando que ele era um adolescente. A motocicleta que ele dirigia, uma Suzuki de cor prata, estava com a numeração do chassi e do motor raspada.

O adolescente informou que havia conseguido a moto com um amigo, mas não quis informar quem era e nem onde essa pessoa morava. Ele foi apreendido em flagrante e encaminhado à delegacia especializada junto do veículo.

Situação preocupante

Na última semana, uma adolescente de 15 anos foi flagrada dirigindo. Ela ia todos os dias para a escola de carro. O flagrante aconteceu na manhã de quarta-feira (21), na saída de um colégio do Centro de Balneário Camboriú. Segundo informações da Polícia Militar, a garota dirigia um GM/Agile e quando percebeu que os policiais iam abordá-la tentou fugir, mas foi detida.

A mãe da garota foi até o local e explicou que a menina dirige, porque não tem como ir para o colégio, então ela libera o carro para a filha. Foram feitas duas notificações, uma por conduzir veículo sem possuir habilitação e outra por entregar a condução de veículo à pessoa não habilitada. O carro foi guinchado e recolhido ao pátio.

O cabo Denício Rosa, do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário explica que dos 335 flagrantes, 123 donos de veículos foram autuados por entregar o carro e/ou moto a pessoa não habilitada. “Não sei especificar quantos adolescentes fazem parte desses flagrantes, mas é a maioria, uns 65%”, afirma. Com a nova redação do Código de Trânsito, se o condutor não gera perigo de dano ele não é conduzido para a delegacia, mesmo se for menor de idade.

No caso ocorrido em Balneário, a mãe da garota foi multada e as duas foram liberadas do local. A notificação que a mãe ganhou é considerada uma multa gravíssima (sete pontos). “Porém, esses pontos só vão ser debitados na CNH dela após defesa, ela irá responder um processo junto ao Detran. Ela pode recorrer e isso normalmente demora. Se ela não tentar se defender, inicia-se um processo na delegacia e ela pode até perder a carteira”, explica.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

ATUALIZADO às 7h de 15/12/2018.


Cidade

Balneário Camboriú passa a ser a cidade brasileira com mais bandeiras azuis


Justiça

Ele considera ilegal a lei municipal que permitiu o empreendimento 


Rapidinhas


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Adolescentes flagrados dirigindo são motivo de preocupação no trânsito da região

Terça, 27/9/2016 11:08.

Um adolescente, que não teve a idade divulgada, foi flagrado conduzindo uma motocicleta, na tarde de segunda-feira (26), na Rua Alecrim, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. A situação não é novidade na região. O Página 3 levantou que Balneário Camboriú registrou somente neste ano mais de 330 flagrantes de pessoas não habilitadas dirigindo no trânsito da cidade. A Polícia Militar estima que pelo menos 65% (217) desses sejam menores de idade.

Segundo informações da PM de Camboriú, policiais em rondas suspeitaram do motociclista e decidiram abordá-lo, constatando que ele era um adolescente. A motocicleta que ele dirigia, uma Suzuki de cor prata, estava com a numeração do chassi e do motor raspada.

O adolescente informou que havia conseguido a moto com um amigo, mas não quis informar quem era e nem onde essa pessoa morava. Ele foi apreendido em flagrante e encaminhado à delegacia especializada junto do veículo.

Situação preocupante

Na última semana, uma adolescente de 15 anos foi flagrada dirigindo. Ela ia todos os dias para a escola de carro. O flagrante aconteceu na manhã de quarta-feira (21), na saída de um colégio do Centro de Balneário Camboriú. Segundo informações da Polícia Militar, a garota dirigia um GM/Agile e quando percebeu que os policiais iam abordá-la tentou fugir, mas foi detida.

A mãe da garota foi até o local e explicou que a menina dirige, porque não tem como ir para o colégio, então ela libera o carro para a filha. Foram feitas duas notificações, uma por conduzir veículo sem possuir habilitação e outra por entregar a condução de veículo à pessoa não habilitada. O carro foi guinchado e recolhido ao pátio.

O cabo Denício Rosa, do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário explica que dos 335 flagrantes, 123 donos de veículos foram autuados por entregar o carro e/ou moto a pessoa não habilitada. “Não sei especificar quantos adolescentes fazem parte desses flagrantes, mas é a maioria, uns 65%”, afirma. Com a nova redação do Código de Trânsito, se o condutor não gera perigo de dano ele não é conduzido para a delegacia, mesmo se for menor de idade.

No caso ocorrido em Balneário, a mãe da garota foi multada e as duas foram liberadas do local. A notificação que a mãe ganhou é considerada uma multa gravíssima (sete pontos). “Porém, esses pontos só vão ser debitados na CNH dela após defesa, ela irá responder um processo junto ao Detran. Ela pode recorrer e isso normalmente demora. Se ela não tentar se defender, inicia-se um processo na delegacia e ela pode até perder a carteira”, explica.

Publicidade

Publicidade