Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Cadáver é encontrado ao lado de cama queimada

Segunda, 26/9/2016 9:59.

Um homem de 33 anos foi encontrado morto, na tarde de domingo (25), na residência onde morava, na Rua Antônio Dias Oliveira, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú.

Segundo informações da Polícia Militar, uma vizinha de Aldenilson Cordeiro dos Santos sentiu um forte cheiro de fumaça vindo da quitinete onde ele vivia e resolveu chamar os policiais.

Quando os militares chegaram ao local, confirmaram o relato da mulher. A porta da casa de Aldenilson estava trancada e os policiais tiveram que arrombá-la para entrar no local.

Quando eles entraram, encontraram a vítima caída no chão, já sem vida. Ele estava ao lado de uma cama que estava completamente queimada. A PM não encontrou nenhum familiar dele, apenas o pastor da igreja que ele frequentava, que foi até lá.

Aldenilson não tinha passagens pela polícia. Ainda não se sabe se ele foi assassinado ou se acidentou. Ele sofria de alcoolismo e depressão.

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que atendeu o caso, mas um funcionário disse que a causa da morte só será revelada após o laudo oficial, que deve sair em alguns dias.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Cadáver é encontrado ao lado de cama queimada

Segunda, 26/9/2016 9:59.

Um homem de 33 anos foi encontrado morto, na tarde de domingo (25), na residência onde morava, na Rua Antônio Dias Oliveira, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú.

Segundo informações da Polícia Militar, uma vizinha de Aldenilson Cordeiro dos Santos sentiu um forte cheiro de fumaça vindo da quitinete onde ele vivia e resolveu chamar os policiais.

Quando os militares chegaram ao local, confirmaram o relato da mulher. A porta da casa de Aldenilson estava trancada e os policiais tiveram que arrombá-la para entrar no local.

Quando eles entraram, encontraram a vítima caída no chão, já sem vida. Ele estava ao lado de uma cama que estava completamente queimada. A PM não encontrou nenhum familiar dele, apenas o pastor da igreja que ele frequentava, que foi até lá.

Aldenilson não tinha passagens pela polícia. Ainda não se sabe se ele foi assassinado ou se acidentou. Ele sofria de alcoolismo e depressão.

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que atendeu o caso, mas um funcionário disse que a causa da morte só será revelada após o laudo oficial, que deve sair em alguns dias.

Publicidade

Publicidade