Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

PM prende jovem de 18 anos suspeito de matar freteiro em Camboriú

Quinta, 15/9/2016 9:32.

Um jovem de 18 anos foi preso na tarde de quarta-feira (14), na Rua Monte Agulhas Negras, em frente ao Mercado Komprão, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Ele é suspeito de ter assassinado o freteiro Julcemir José da Silva, 40 anos, conhecido como Jacaré.

A Polícia Militar foi chamada para ir até o local por conta de que Julcemir havia sido baleado. Ao chegarem lá, encontraram o freteiro caído na via, já morto. Ele foi assassinado porque brigou com alguns jovens que haviam ameaçado o filho dele. Esses sujeitos então teriam dito que iriam matá-lo e cumpriram a promessa.

Algumas testemunhas que estava no local informaram aos militares que os autores do crime estavam em uma motocicleta Honda/CG 150 Titan de cor prata, e que o que havia baleado Julcemir estava de moletom quadriculado, bermuda branca e capacete preto.

No momento em que a ocorrência estava sendo atendida vários curiosos se reuniram para acompanhar o caso, momento em que os policiais viram um homem no meio das pessoas esfarelando algo na mão.

Amaral Boaventura das Neves, conhecido como Amaralzinho, 18 anos, foi abordado. Com ele foi encontrado um grama de maconha. Logo os policiais foram avisados que várias pessoas ligaram ao 190 informando que ele era o responsável pelo homicídio.

Por isso, o jovem foi detido. A princípio, ele é suspeito de ter cometido o crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Amaral já possuía 32 passagens pela polícia, como crimes por receptação, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, desobediência e desacato à autoridade.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

PM prende jovem de 18 anos suspeito de matar freteiro em Camboriú

Quinta, 15/9/2016 9:32.

Um jovem de 18 anos foi preso na tarde de quarta-feira (14), na Rua Monte Agulhas Negras, em frente ao Mercado Komprão, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Ele é suspeito de ter assassinado o freteiro Julcemir José da Silva, 40 anos, conhecido como Jacaré.

A Polícia Militar foi chamada para ir até o local por conta de que Julcemir havia sido baleado. Ao chegarem lá, encontraram o freteiro caído na via, já morto. Ele foi assassinado porque brigou com alguns jovens que haviam ameaçado o filho dele. Esses sujeitos então teriam dito que iriam matá-lo e cumpriram a promessa.

Algumas testemunhas que estava no local informaram aos militares que os autores do crime estavam em uma motocicleta Honda/CG 150 Titan de cor prata, e que o que havia baleado Julcemir estava de moletom quadriculado, bermuda branca e capacete preto.

No momento em que a ocorrência estava sendo atendida vários curiosos se reuniram para acompanhar o caso, momento em que os policiais viram um homem no meio das pessoas esfarelando algo na mão.

Amaral Boaventura das Neves, conhecido como Amaralzinho, 18 anos, foi abordado. Com ele foi encontrado um grama de maconha. Logo os policiais foram avisados que várias pessoas ligaram ao 190 informando que ele era o responsável pelo homicídio.

Por isso, o jovem foi detido. A princípio, ele é suspeito de ter cometido o crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Amaral já possuía 32 passagens pela polícia, como crimes por receptação, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, desobediência e desacato à autoridade.

Publicidade

Publicidade