Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Pastor e filha são assassinados após discussão com vizinho

Segunda, 31/10/2016 9:52.

Um pastor de 35 anos e a filha dele, de 15, foram mortos a tiros na noite de domingo (30), na Rua Acelino Alves dos Santos, no Bairro Cidade Nova, em Itajaí. 

Segundo informações da Polícia Militar de Itajaí, testemunhas informaram que o pastor havia acabado de chegar de um culto com a família. Ele se sentiu incomodado com o som alto que vinha da casa de um vizinho e pediu que o mesmo abaixasse.

Porém, o vizinho não gostou do pedido e os dois discutiram. Após o desentendimento, o vizinho pegou uma arma de fogo e atirou no pastor, na filha adolescente e na esposa dele de 34 anos. A família foi socorrida, mas pai e filha não resistiram e faleceram.

O atirador fugiu junto de um motociclista, que estava o aguardando. Testemunhas relataram aos policiais que eles seriam pai e filho. Tempos depois os PMs voltaram na casa dos suspeitos e conseguiram prender o pai, de 37 anos. O filho dele ainda está foragido.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela polícia.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Pastor e filha são assassinados após discussão com vizinho

Segunda, 31/10/2016 9:52.

Um pastor de 35 anos e a filha dele, de 15, foram mortos a tiros na noite de domingo (30), na Rua Acelino Alves dos Santos, no Bairro Cidade Nova, em Itajaí. 

Segundo informações da Polícia Militar de Itajaí, testemunhas informaram que o pastor havia acabado de chegar de um culto com a família. Ele se sentiu incomodado com o som alto que vinha da casa de um vizinho e pediu que o mesmo abaixasse.

Porém, o vizinho não gostou do pedido e os dois discutiram. Após o desentendimento, o vizinho pegou uma arma de fogo e atirou no pastor, na filha adolescente e na esposa dele de 34 anos. A família foi socorrida, mas pai e filha não resistiram e faleceram.

O atirador fugiu junto de um motociclista, que estava o aguardando. Testemunhas relataram aos policiais que eles seriam pai e filho. Tempos depois os PMs voltaram na casa dos suspeitos e conseguiram prender o pai, de 37 anos. O filho dele ainda está foragido.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela polícia.

Publicidade

Publicidade