Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem envolvido com prostituição é preso em Balneário
Divulgação DIC

Quinta, 20/10/2016 11:09.

Um homem de 57 anos foi preso na tarde de quarta-feira (19), no Centro de Balneário Camboriú. Ele foi condenado a seis anos de prisão por envolvimentos com a prostituição.

Arnildo Iraiel Castro de Oliveira foi preso por policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário, que junto da Polícia Civil de Indaial descobriram que ele estava residindo em Balneário.

Ele gerenciava um prostíbulo na cidade e após ser condenado fugiu para Balneário Camboriú, onde estava residindo. Arnildo foi encontrado na Avenida Atlântica, esquina com a Rua 1.601.

Ele é conhecido como ‘Castro’, e foi condenado por induzir ou atrair pessoas à exploração sexual, facilitando, impedindo ou dificultando que alguém a abandonasse, com os agravantes de cometer o crime mediante grave ameaça à parente, tutelado ou empregado

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem envolvido com prostituição é preso em Balneário

Divulgação DIC
Quinta, 20/10/2016 11:09.

Um homem de 57 anos foi preso na tarde de quarta-feira (19), no Centro de Balneário Camboriú. Ele foi condenado a seis anos de prisão por envolvimentos com a prostituição.

Arnildo Iraiel Castro de Oliveira foi preso por policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário, que junto da Polícia Civil de Indaial descobriram que ele estava residindo em Balneário.

Ele gerenciava um prostíbulo na cidade e após ser condenado fugiu para Balneário Camboriú, onde estava residindo. Arnildo foi encontrado na Avenida Atlântica, esquina com a Rua 1.601.

Ele é conhecido como ‘Castro’, e foi condenado por induzir ou atrair pessoas à exploração sexual, facilitando, impedindo ou dificultando que alguém a abandonasse, com os agravantes de cometer o crime mediante grave ameaça à parente, tutelado ou empregado

Publicidade

Publicidade