Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Polícia Militar mata mais quatro, agora são sete em dois dias

Quinta, 13/10/2016 7:35.

A Polícia Militar matou mais quatro homens ontem no começo da noite, em Navegantes, supostamente pertencentes a um grupo criminoso que resolveu assustar a sociedade e desafiar as autoridades devido a problemas no presídio da Canhanduba.

Na noite anterior, em Itajaí, a PM já havia confrontado e matado três homens, também supostamente ligados à tal organização criminosa.

Diferentemente de outras ocasiões em que a PM foi "encurralada" por uma série de atentados praticados por organizações criminosas, dessa vez a ordem parece ser partir para o ataque, ir até os pontos onde esses criminosos se reúnem, entrar em confronto e matá-los se reagirem.

Mais detalhes devem ser fornecidos pelo comando da PM ao longo do dia.

Entenda o caso

Desde segunda-feira ocorrem protestos na Canhanduba que culminaram com a transferência de presos para outro local ou locais.

Isso gerou reações e aparentemente um “salve geral” que é a ordem vinda da cadeia para que criminosos em liberdade toquem o pavor na sociedade, atacando a polícia e o patrimônio público.

Dessa vez o “salve” não deu certo, a PM mudou a forma de combater este tipo de coisa, reagiu com força e integrantes do grupo estão sendo mortos, inclusive um que supostamente seria líder em Itajaí.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Polícia Militar mata mais quatro, agora são sete em dois dias

Quinta, 13/10/2016 7:35.

A Polícia Militar matou mais quatro homens ontem no começo da noite, em Navegantes, supostamente pertencentes a um grupo criminoso que resolveu assustar a sociedade e desafiar as autoridades devido a problemas no presídio da Canhanduba.

Na noite anterior, em Itajaí, a PM já havia confrontado e matado três homens, também supostamente ligados à tal organização criminosa.

Diferentemente de outras ocasiões em que a PM foi "encurralada" por uma série de atentados praticados por organizações criminosas, dessa vez a ordem parece ser partir para o ataque, ir até os pontos onde esses criminosos se reúnem, entrar em confronto e matá-los se reagirem.

Mais detalhes devem ser fornecidos pelo comando da PM ao longo do dia.

Entenda o caso

Desde segunda-feira ocorrem protestos na Canhanduba que culminaram com a transferência de presos para outro local ou locais.

Isso gerou reações e aparentemente um “salve geral” que é a ordem vinda da cadeia para que criminosos em liberdade toquem o pavor na sociedade, atacando a polícia e o patrimônio público.

Dessa vez o “salve” não deu certo, a PM mudou a forma de combater este tipo de coisa, reagiu com força e integrantes do grupo estão sendo mortos, inclusive um que supostamente seria líder em Itajaí.

Publicidade

Publicidade