Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Corretor é morto a tiros em Camboriú
Segundo PM, o corretor Rafael Bastos foi morto por causa de um desacordo comercial

Terça, 22/11/2016 8:50.

Dois homens foram baleados no final da tarde de ontem (21), na Rua Heitor dos Santos, no Centro de Camboriú. O corretor de imóveis Rafael Bastos, de 32 anos, não resistiu e faleceu na manhã desta terça-feira, no Hospital Ruth Cardoso.

Segundo informações da Polícia Militar, Rafael e Adriano Pupp, 41 anos, chegaram juntos ao 'Restaurante e Lanchonete do Hélio', por volta das 17h.

Lá eles encontraram um terceiro homem, de 35 anos, que já estava no bar. Rafael e Adriano o chamaram para sentar junto deles.

Uma testemunha relatou aos policiais que em certo momento todos levantaram da mesa e o terceiro homem sacou uma arma. Ele atirou contra Rafael e Adriano. O motivo teria sido um desacordo comercial na negociação de um imóvel.

Rafael ficou gravemente ferido. Adriano conseguiu fugir, mas o atirador correu atrás dele e também o baleou.

Funcionários do SAMU relataram que não conseguiram atender os feridos porque as unidades avançadas estavam fazendo tomografia. Foi informado ainda que um dos baleados foi para o Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário, de motocicleta. O outro foi atendido pelo Corpo de Bombeiros.

Rafael foi atingido quatro vezes e Adriano três. Rafael passou por cirurgia, mas não resistiu e faleceu na manhã de hoje. 

O atirador ainda não foi preso.

Rafael deixa duas filhas. Ele será velado no Crematório Vaticano a partir da tarde de hoje. O horário ainda não foi divulgado.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Corretor é morto a tiros em Camboriú

Segundo PM, o corretor Rafael Bastos foi morto por causa de um desacordo comercial
Segundo PM, o corretor Rafael Bastos foi morto por causa de um desacordo comercial
Terça, 22/11/2016 8:50.

Dois homens foram baleados no final da tarde de ontem (21), na Rua Heitor dos Santos, no Centro de Camboriú. O corretor de imóveis Rafael Bastos, de 32 anos, não resistiu e faleceu na manhã desta terça-feira, no Hospital Ruth Cardoso.

Segundo informações da Polícia Militar, Rafael e Adriano Pupp, 41 anos, chegaram juntos ao 'Restaurante e Lanchonete do Hélio', por volta das 17h.

Lá eles encontraram um terceiro homem, de 35 anos, que já estava no bar. Rafael e Adriano o chamaram para sentar junto deles.

Uma testemunha relatou aos policiais que em certo momento todos levantaram da mesa e o terceiro homem sacou uma arma. Ele atirou contra Rafael e Adriano. O motivo teria sido um desacordo comercial na negociação de um imóvel.

Rafael ficou gravemente ferido. Adriano conseguiu fugir, mas o atirador correu atrás dele e também o baleou.

Funcionários do SAMU relataram que não conseguiram atender os feridos porque as unidades avançadas estavam fazendo tomografia. Foi informado ainda que um dos baleados foi para o Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário, de motocicleta. O outro foi atendido pelo Corpo de Bombeiros.

Rafael foi atingido quatro vezes e Adriano três. Rafael passou por cirurgia, mas não resistiu e faleceu na manhã de hoje. 

O atirador ainda não foi preso.

Rafael deixa duas filhas. Ele será velado no Crematório Vaticano a partir da tarde de hoje. O horário ainda não foi divulgado.

Publicidade

Publicidade