Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Grávidas são agredidas em Itajaí

Segunda, 14/11/2016 9:34.

Pelo menos duas grávidas foram agredidas pelos maridos neste final de semana, em Itajaí. Os responsáveis foram presos. Confira.

Perdeu o bebê

Uma mulher de 29 anos perdeu o bebê que esperava após ser agredida pelo esposo, de 30 anos.  O caso aconteceu em Itajaí, na noite de sexta-feira (11). 

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima relatou que o companheiro socou e chutou a barriga dela porque não queria o filho. Depois da agressão ela começou a se sentir mal e foi levada ao Hospital Marieta Konder Bornhausen, onde os médicos descobriram que ela havia perdido o bebê.

Funcionários do hospital chamaram a PM. Os policiais conversaram com a mulher, que informou onde o agressor estaria. Os militares foram até o local indicado (Rua Corifeu de Azevedo Marques, no Bairro São Judas) e prenderam o suspeito.

Outra

Já no sábado (12), por volta das 23h, uma jovem de 18 anos chamou a polícia para relatar que estava indo para a casa da mãe, no Bairro Cordeiros, quando foi abordada pelo marido. O homem socou a boca dela.

Os policiais constataram o fato, já que a vítima estava com um corte na gengiva, um dente amolecido e estava ensanguentada. Ela relatou que está grávida e que foi a segunda vez que foi agredida pelo sujeito. Na primeira vez, ele socou o olho dela.

Os militares conseguiram prender o agressor, de 20 anos, que foi encaminhado à delegacia.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Grávidas são agredidas em Itajaí

Segunda, 14/11/2016 9:34.

Pelo menos duas grávidas foram agredidas pelos maridos neste final de semana, em Itajaí. Os responsáveis foram presos. Confira.

Perdeu o bebê

Uma mulher de 29 anos perdeu o bebê que esperava após ser agredida pelo esposo, de 30 anos.  O caso aconteceu em Itajaí, na noite de sexta-feira (11). 

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima relatou que o companheiro socou e chutou a barriga dela porque não queria o filho. Depois da agressão ela começou a se sentir mal e foi levada ao Hospital Marieta Konder Bornhausen, onde os médicos descobriram que ela havia perdido o bebê.

Funcionários do hospital chamaram a PM. Os policiais conversaram com a mulher, que informou onde o agressor estaria. Os militares foram até o local indicado (Rua Corifeu de Azevedo Marques, no Bairro São Judas) e prenderam o suspeito.

Outra

Já no sábado (12), por volta das 23h, uma jovem de 18 anos chamou a polícia para relatar que estava indo para a casa da mãe, no Bairro Cordeiros, quando foi abordada pelo marido. O homem socou a boca dela.

Os policiais constataram o fato, já que a vítima estava com um corte na gengiva, um dente amolecido e estava ensanguentada. Ela relatou que está grávida e que foi a segunda vez que foi agredida pelo sujeito. Na primeira vez, ele socou o olho dela.

Os militares conseguiram prender o agressor, de 20 anos, que foi encaminhado à delegacia.

Publicidade

Publicidade